Monteiro comanda vitória portuguesa sobre a Hungria no Europeu

Lusos vencem por 3-1 em Lagos

• Foto: Ricardo Jr./Arquivo

Portugal, mesmo com uma seleção desfalcada das suas duas primeiras figuras, derrotou esta terça-feira em Lagos a Hungria, por 3-1, em jogo da primeira fase de qualificação para o Campeonato da Europa de equipas de ténis de mesa.

No pavilhão municipal de Lagos, a equipa lusa não contou com Marcos Freitas, com uma lesão nas costelas, nem com Tiago Apolónia, que está com gripe, mas nem por isso deixou de se impor aos magiares, graças sobretudo a uma grande prestação do seu 'terceiro mosqueteiro', João Monteiro, que assegurou dois pontos, apesar de também ele estar com limitações físicas num pé.

João Geraldo também ganhou e só Diogo Carvalho perdeu, enquanto que Diogo Chen não chegou a ser utilizado.

A diferença de ranking entre as duas seleções - Portugal é o oitavo mundial, Hungria é 30.º - esbateu-se e acabou por ser Monteiro a fazer a diferença, colocando a seleção a ganhar logo de início e travando a recuperação húngara.

Monteiro bateu Adam Szudi por 3-1 (11-8, 11-8, 10-12 e 14-12) e entregou o jogo a João Geraldo, que superou Bence Majoros por 3-2 (11-9, 9-11, 12-10, 4-11 e 11-5).

O único confronto que caiu para os visitantes foi o seguinte, entre Diogo Carvalho e Tamas Lakatos - 2-3 foi o resultado e os parciais 9-11, 11-8, 11-3, 7-11 e 7-11.

Monteiro e Majoros voltaram a entrar em cena e o 'sangue frio' do número um da equipa lusa foi determinante para a vitória por 3-2, em 8-11, 9-11, 11-5, 12-10 e 11-6.

Na qualificação para o Europeu de 2019, em Nantes, participam todas as equipas com exceção da organizadora França e da Alemanha, de Timo Boll e Dimitrij Ovtcharov, a campeã em título.

Mesmo sendo vice-campeão no ano passado no Luxemburgo, Portugal tem de passar por esta fase, integrado no grupo A 1, juntamente a Hungria e a Áustria, num triangular em que todos jogam contra todos, em casa e fora.

Os dois primeiros seguem para Nantes2019, o último ainda tem uma última hipótese (a fase 2 preliminar), na disputa com os outros terceiros e com os apurados dos grupos B, onde estão as equipas mais fracas.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Ténis de Mesa

Notícias

Notícias Mais Vistas