Baghdatis enviou SMS à mulher em pleno jogo

Cipriota justificou ato com frustração

O tenista cipriota Marcos Baghdatis foi advertido pelo árbitro no Open dos Estados Unidos por um comportamento absolutamente invulgar: enviou um SMS à mulher, em pleno jogo contra o francês Gael Monfils.

Decorria um dos jogos dos oitavos de final do quarto e último 'Grand Slam da temporada e Baghdatis já perdia por dois 'sets', quando, no banco, pegou no telemóvel e enviou uma mensagem à mulher, a antiga jogadora croata Karolina Sprem.

"Tive vontade de enviar uma pequena mensagem à minha mulher. Estava um bocado frustrado, não conseguia encontrar soluções", disse o jogador, 44.º do 'ranking' e hoje batido por claros 6-3, 6-2 e 6-3.

Baghdatis admitiu que foi a primeira vez que fez isto. "Vá, porque não? Não sei se vou ser multado por isto, a advertência é normal, há regras, mas a multa se calhar é demais, não matei nem insultei ninguém".

Segundo os regulamentos da ITF, todas as formas de comunicação com o exterior, nomeadamente os treinadores, está proibida durante os jogos.

"Posso mostrar o SMS, não está dirigido ao meu treinador mas à minha mulher", defende-se, sem adiantar nada sobre o conteúdo da mensagem nem sobre a eventual resposta.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Ténis

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.