Record

Carlos Ramos fechou-se no hotel após polémica final

'L’Equipe' revela o que o árbitro português fez após último dia do US Open

Os dias seguintes à final feminina do US Open não foram nada fáceis para o árbitro português Carlos Ramos. Segundo o jornal ‘L’Equipe’, que falou com fonte próxima do juiz luso, Ramos fechou-se no seu hotel em Manhattan, em Nova Iorque, depois do sucedido, para evitar qualquer tipo de problemas, mas não conseguiu ‘fugir’ ao assunto do momento, que foi passando em todas as televisões ao longo do dia, incluindo, conta o jornal gaulês... no ginásio da unidade hoteleira.

O ‘L’Equipe’ adianta também que Ramos recusou dezenas de pedidos de entrevistas, já que os árbitros não podem falar, e que tentou ao máximo evitar as redes sociais, lendo apenas aquilo que alguns amigos lhe enviaram, incluindo mensagens de apoio.

Ramos vive em Lyon, com a mulher e dois filhos.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Ténis

Notícias

Notícias Mais Vistas

M