Coronavírus: Djokovic ajuda hospital de Bérgamo com "doação significativa"

É uma das regiões italianas mais afetadas pelo novo coronavírus

• Foto: DR Record
O tenista sérvio Novak Djokovic, número um do ranking mundial, realizou esta quarta-feira uma "doação significativa" a um hospital em Bérgamo, uma das regiões italianas mais afetadas pelo novo coronavírus, para ajudar na luta contra a doença.

"Nunca teríamos imaginado ver na nossa conta bancária uma doação de uma pessoa com tanto prestígio. Atualmente, muitas empresas, associações e entidades privadas têm ajudado e agradeço a todos pela sua generosidade. Mas ver que entre os doadores está o número um do ténis mundial deixa-me muito emocionado", revelou Peter Assembergs, diretor-geral da Azienda Socio Sanitário Territorial (ASST) de oeste de Bérgamo.

O responsável acrescentou que a "doação significativa vai permitir remodelar a área dos cuidados intensivos do hospital, ampliar os quartos, melhorar os dispositivos médicos e estar mais preparado para lidar com emergências".

Nos últimos dias, 'Djoko' publicou uma mensagem nas suas redes sociais a incentivar Itália na luta contra a covid-19, que já causou mais de 21.000 mortes no país.

"Querida Itália, mesmo que estejas a passar por um momento difícil, quero que saibas que não está sozinha. Nós apoiamos e enviamos o nosso amor e os nossos pensamentos. Desejamos que sejas forte para enfrentar e superar estes dias difíceis. Que sejas forte, saudável e unida. Vai ficar tudo bem ", escreveu, então, o sérvio.

De acordo com os últimos dados, a Itália registou até agora 162.488 casos de pessoas infetadas com o novo coronavírus e 21.067 mortos).

A nível global, a pandemia de covid-19 já provocou quase 127 mil mortos e infetou mais de dois milhões de pessoas em 193 países e territórios. Mais de 428 mil doentes foram considerados curados.

Em Portugal, morreram 599 pessoas das 18.091 registadas como infetadas.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Ténis

Notícias

Notícias Mais Vistas