Coronavírus: Federer ajuda famílias mais vulneráveis na Suíça

Tenista doou quase 1 milhão de euros para luta no combate à pandemia

• Foto: Reuters

O suíço Roger Federer juntou-se esta quarta-feira à vasta lista de doadores na luta pelo combate ao novo coronavírus, ao utilizar as redes sociais para anunciar um donativo de 944 mil euros (1 milhão de francos suíços) para as famílias mais vulneráveis" no seu país natal e exortou os seus seguidores para contribuírem. 

Federer e a sua mulher Mirka estão atualmente em quarentena na Suíça, depois das restrições a todos os eventos públicos e privados até 19 de abril em vigor no país. "Este são tempos desafiantes para todos e ninguém pode ser deixado para trás. O nosso contributo é só o início", revelou o tenista, via Instagram. 

"Temos esperança de que outros se juntem no auxílio às famílias que passam por maiores necessidades. Todos juntos podemos ultrapassar esta crise. Mantenham-se saudáveis", frisou o vencedor de 20 títulos de Grand Slam. 

Na elite tenística mundial, também Simona Halep já havia anunciado no Facebook um donativo para equipamento médico para os hospitais no seu país natal, Roménia.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Ténis

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.