Djokovic destrói raquete e é advertido pelo árbitro no Masters 1000 de Roma

Tenista sérvio volta a protagonizar momento de instabilidade emocional

• Foto: Lusa/EPA

Novak Djokovic, líder do 'ranking' mundial ATP de ténis, apurou-se este sábado para as meias-finais do ATP Masters 1000 de Roma, num jogo em que sobressaiu um novo descontrolo emocional do sérvio

Menos de duas semanas após ser desqualificado no Open dos Estados Unidos, por, numa reação intempestiva, acertar, involuntariamente, com uma bola numa juíza de linha, o atleta voltou a perder a calma no triunfo por 6-3, 4-6 e 6-3 sobre o alemão Dominik Koepfer.

Quando, no segundo 'set', perdeu o serviço e permitiu o 3-3, uma reação de raiva levou-o a bater com a raquete no barro vermelho, danificando-a irremediavelmente e levando árbitro a dar-lhe uma advertência.

Djokovic já parecia frustrado no jogo anterior, quando olhou para o árbitro questionando a sua decisão de repetir um ponto.

Na segunda-feira, o líder do 'ranking' assumiu ter aprendido uma "grande lição" no Open dos Estados Unidos e reconheceu que algumas "explosões" fazem parte do seu "tipo de personalidade".

Djokovic, que procura o quinto título em Roma, vai defrontar agora Casper Ruud, que afastou o favorito local, o italiano Matteo Berrettini por 4-6, 6-3 e 7-6 (5) e tornou-se no primeiro norueguês a atingir as meias-finais de um torneio Masters 1000.

O nove vezes campeão da Roma, o espanhol Rafael Nadal, segundo do 'ranking' ATP, enfrentará o argentino Diego Schwartzman na meia-final.

Apesar de ainda não terem sido admitidos adeptos no torneio, o ministro do desporto italiano disse na sexta-feira que serão permitidos 1.000 adeptos nas meias-finais e finais no pitoresco estádio Pietrangeli.

No torneio feminino, a campeã Simona Halep, segunda do 'ranking' WTA, chegou às semifinais quando a adversária do Cazaquistão, Yulia Putintseva, abandonou o jogo devido a uma lesão na parte inferior das costas.

Halep, que perdeu duas finais consecutivas em Roma para Elina Svitolina, em 2017 e 2018, vai defrontar a espanhola Garbine Muguruza, duas vezes vencedora de 'Grand Slam', que bateu a bielorrussa Victoria Azarenka, vice-campeã do Open dos Estados Unidos, por 3-6, 6-3 e 6-4.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Ténis

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.