Eslovenos esperam alcançar "uma grande surpresa"

Selecionador fala em 80-20 por cento de vantagem para Portugal

Dois anos depois de derrotarem Portugal em casa, a seleção da Eslovénia da Taça Davis espera agora um desfecho totalmente diferente no playoff de manutenção no Grupo I, que decorre este fim-de-semana em Viana do Castelo.

"Temos os nossos melhores jogadores connosco, embora seja uma equipa totalmente diferente daquela que tínhamos há dois anos. Acho que a história vai ser diferente do que aconteceu há dois anos, mas vamos fazer o possível para alcançar uma grande surpresa. Sabíamos que ia ser em terra em Portugal, a maioria dos nossos jogadores está habituado, mas as condições são lentas e mais frias e húmidas do que esperávamos, mas acho que não vão influenciar.  Se compararem apenas ranking e experiência, Portugal é favorito 80 para 20 por cento. Mas vamos tentar", confesou Blaz Trupej, selecionador nacional, em conferência de imprensa.

Grega Zemlja, antigo top 50 e um dos responsáveis por esse triunfo da Eslovénia em 2014, também considera Portugal como claro favorito. "Tudo está a correr como esperado, estamos a treinar duro e vamos tentar adaptar-nos às condições os mais rapidamente possível. Tem chovido, mas tudo está ok e até sexta estaremos a cem por cento para lugar por cada ponto, jogo, set e encontro. Esperamos que o resultado caia para o nosso lado, mas Portugal é claramente favorito."

O melhor tenista esloveno da atualidade está preparado par jogar os dois singulares e o par, apesar de alguns problemas de saúde. "Estou habituado a jogar muitos encontros no mesmo 'tie'. Tenho tido alguns problemas de saúde nestes dias, mas penso que tudo vai correr bem."
Por José Morgado
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de Ténis

Notícias

Notícias Mais Vistas