Ex-treinador de Nadal atira: «O Rafa não é um tenista, é uma pessoa lesionada que joga ténis»

Toni Nadal diz que o detentor de 17 títulos em torneios do Grand Slam quer continuar a jogar

Toni Nadal, tio e antigo treinador de Rafael Nadal, abordou numa conferência em Maiorca a atual condição física do antigo ex-número 1 mundial e deixou uma certeza: o jogador, de 32 anos, tem vivido dias muitos complicados por causa das lesões.

Detentor de 17 títulos em torneios do Grand Slam, 11 deles em Roland Garros, Nadal é um dos melhores tenistas da história, provavelmente o melhor de sempre em terra batida, mas a sua carreira tem sido muito marcada pelos problemas físicos, sobretudo ao nível dos joelhos. "Ninguém sabe até quando ele vai jogar, talvez mais dois ou três anos. Ele quer continuar. Mas posso dizer-vos que o Rafael não é um jogador de ténis, é uma pessoa lesionada que joga ténis. E isso é muito difícil", considerou.

Atualmente o maiorquino é treinado por Carlos Moya, outro ex-número um mundial espanhol. "O mais importante é que se respeitem mutuamente, isso é fundamental."

Toni Nadal contou ainda que chave para o sucesso "não passa por ganhar Roland Garros ou o US Open". E explica o tipo de mentalidade que sempre tentou incutir no sobrinho. "Ganhar um Grand Slam não depende apenas de ti. Não sabes se haverá um ou dois Federer, ou se haverá cinco Djokovic na prova. O serviço do Federer e a resposta do Djokovic não dependem de ti. Tens de preocupar-te com o que depende de ti, com o que podes melhorar, é aí que reside o segredo do êxito. Por isso um será número 1 do mundo e outro número 100. Um será dono da Zara e outro do de uma pequena loja. O êxito é a tranquilidade de saberes que fizeste as coisas que estavam ao teu alcance."

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Ténis

Notícias

Notícias Mais Vistas