Gastão Elias e Gonçalo Oliveira seguem para a 2.ª ronda do Challenger de Oeiras

Portugueses em bom plano no torneio a decorrer no Complexo Desportivo do Jamor

Os tenistas portugueses Gastão Elias e Gonçalo Oliveira entraram esta terça-feira a vencer na primeira ronda do Oeiras Open II, o segundo torneio de categoria 50 do ATP Challenger Tour, que está a decorrer no Complexo Desportivo do Jamor.

Elias, número 323 do ranking ATP, bateu o argentino e sexto cabeça de série, Marco Trungelliti (237.º ATP), em dois sets, com os parciais de 6-1 e 6-4, em uma hora e 12 minutos.

Depois de vencer facilmente a primeira partida com três breaks, o tenista natural da Lourinhã, vice-campeão do Oeiras Open I no domingo, esteve em desvantagem no segundo parcial (1-3), mas conseguiu recuperar e selar a continuidade em prova.

Na próxima jornada, Gastão Elias vai defrontar o espanhol Carlos Gimeno Valero, campeão no início de março do Challenger Gran Canaria Open II, que derrotou na estreia o compatriota Roberto Ortega-Omedo, por duplo 6-1.

O último português a entrar em ação no Jamor, Gonçalo Oliveira, 296.º colocado na hierarquia mundial, travou um equilibrado desafio com o italiano Riccardo Bonadio (291.º ATP), mas acabou por levar a melhor em duas partidas, pelos parciais de 7-6 (7-4) e 7-5, ao fim de duas horas e 34 minutos.

Uma vez carimbado o acesso à segunda ronda, o jogador natural do Porto vai medir forças com o alemão e primeiro cabeça de série Oscar Otte (154.º ATP), responsável pela eliminação do português Pedro Araújo, por 6-2 e 6-4.

Tal como Gastão Elias e Gonçalo Oliveira, Tiago Cação também já havia garantido a presença na próxima fase do torneio português com um triunfo frente ao francês Tristan Lamasine, pelos parciais de 6-2 e 6-4.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Ténis

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.