Gonçalo Oliveira e Gastão Elias caem nos 'quartos' do Porto Open

Torneio fica sem representantes portugueses

Gonçalo Oliveira
Gonçalo Oliveira • Foto: Sara Falcão
Os portugueses Gonçalo Oliveira e Gastão Elias foram derrotados esta sexta-feira nos quartos de final do Porto Open, torneio de categoria do ATP Challenge Tour, que ficou assim sem nenhum representante nacional no Complexo Desportivo do Monte Aventino.

O primeiro a ser eliminado foi Gonçalo Oliveira, número 297 do 'ranking' ATP, que perdeu diante do ucraniano Sergyi Stakhovsky, antigo 'top 40' mundial e atual 242.º classificado, em dois 'sets', ambos no 'tie-break', pelos parciais de 7-6 (7-2) e 7-6 (7-5), em duas horas e seis minutos.

Graças ao triunfo ante o tenista do Porto, Stakhovsky, de 35 anos, vai defrontar na meia-final o turco Altug Celikbilek (247.º ATP), após o triunfo deste frente ao japonês Tatsuma Ito, que beneficiou da desistência de Frederico Silva na segunda ronda, por 7-5 e 6-3.

Já Gastão Elias (240.º ATP), a última esperança nacional a entrar em prova no Complexo Desportivo do Monte Aventino, não conseguiu superar o favoritismo do equatoriano e terceiro cabeça de série Emílio Gómez e cedeu a passagem às meias-finais, pelos parciais de 6-4 e 7-6 (7-4).

O próximo adversário de Gómez, 169.º do mundo, é o francês Quentin Halys, que se impôs ao canadiano Steven Diez, por 6-3 e 6-0.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Ténis

Notícias

Notícias Mais Vistas