Ilie Nastase suspenso até 31 de dezembro de 2020

Capitão da seleção romena punido por comportamento agressivo e comentários racistas

• Foto: EPA

O capitão da equipa de ténis feminino da Roménia, Ilie Nastase, foi esta sexta-feira suspenso pela Federação Internacional até 31 de dezembro de 2020, devido a comportamento agressivo e comentários racistas na Fed Cup contra a Grã-Bretanha.

O romeno está "suspenso de todos os desempenhos oficiais em competições da ITF (Federação Internacional de Ténis) de 23 de abril de 2017 a 31 de dezembro de 2020", segundo foi anunciado, em comunicado, no qual se revela que lhe será "recusado o acesso a competições e circuitos" organizados pela mesma até 31 de dezembro de 2018.

O antigo número um mundial, agora com 71 anos, poderá aceder aos quatro torneios do Grand Slam "que estão fora da jurisdição da ITF". Nastase deve ainda pagar uma multa de 8.860 euros.

O técnico, que estava suspenso preventivamente desde fevereiro, foi expulso em 22 de abril após insultar a britânica Johanna Konta, bem como o juiz da partida. Foi ainda acusado de ter assediado a capitã britânica, Anne Keothavong, antes do desafio da Fed Cup.

A agravar a pena, o seu comentário que a ITF considerou "racista" e "altamente inapropriado" sobre a gravidez da tenista norte-americana Serena Williams: "Vamos ver de que cor será. Café com leite?".

O antigo vencedor de dois torneios do Grand Slam, o US Open de 1972 e Roland Garros em 1973, considerou que as suas declarações foram "exageradas" pelos media. O treinador e a Federação da Roménia têm 21 dias para contestar a decisão e recorrer.

Por Lusa
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Ténis

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.