João Sousa: «Federer consegue anular as armas dos adversários»

Tenista português foi derrotado na segunda ronda do Masters 1000 de Roma

• Foto: Reuters

O tenista português João Sousa considerou esta quinta-feira ter feito "um bom encontro, apesar da derrota" diante do suíço Roger Federer, na segunda ronda do Masters 1000 de Roma, por 6-4 e 6-3.

"O Roger é um daqueles jogadores que consegue realmente anular as armas dos adversários. Conseguiu jogar a um nível muito alto, ser muito agressivo e isso fez com que eu não conseguisse tomar conta do encontro em muitas ocasiões. Por isso venceu e foi melhor", comentou o minhoto, 72.º colocado no 'ranking' mundial.

Apesar de recordar ter tido "alguns pontos de 'break' que não foram convertidos", João Sousa admite que o número três mundial "jogou muito bem nesses momentos", teve "mérito e jogou melhor".

Depois da vitória na estreia frente ao norte-americano Frances Tiafoe, João Sousa acabou afastado na segunda ronda do Masters 1000 de Roma pelo antigo número um do mundo, mas acredita ter feito "um bom torneio".

"Penso que consegui jogar dois encontros a um grande nível e, por isso, estou muito contente com o nível exibido, independentemente da derrota esta quinta-feira. Também foi uma experiência bonita jogar no 'court' central", destacou o vimaranense, que vai disputar na próxima semana, o ATP 250 de Genebra.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Ténis

Notícias

Notícias Mais Vistas