João Sousa: «Foi uma vitória muito boa»

Tenista português passou aos quartos de final em Chengdu

• Foto: EPA

O tenista português João Sousa revelou-se esta quinta-feira "muito feliz pela vitória em singulares" frente ao canadiano Félix Auger-Aliassime, "um excelente jogador que tem vindo a evoluir muito nos últimos tempos", para aceder aos quartos de final em Chengdu.

O número um português e 62.º colocado ATP derrotou o jovem canadiano, de 19 anos, que ocupa o 20.º lugar na hierarquia mundial, em três 'sets', com os parciais de 6-4, 6-7 (5-7) e 6-4, num encontro resolvido em duas horas e 10 minutos.

"Foi uma vitória muito boa para mim. Consegui estar muito concentrado ao longo de todo o encontro, manter um nível muito bom durante os três 'sets' e foi isso que me permitiu fazer um 'break' cirúrgico no final, que acabou por me dar a vitória", explicou o minhoto, de 30 anos.

Depois de superar "um encontro muito exigente, tanto a nível mental, como físico" e de admitir ter ficado "muito contente por ter passado este desafio da melhor maneira", João Sousa vai defrontar na sexta-feira o sul-africano Lloyd Harris (111.º ATP), que eliminou o sérvio Dusan Lajovic, por duplo 6-3.

Já depois de assegurar a continuidade na prova de singulares do ATP 250 de Chengdu, o português e o parceiro moldavo Radu Albot perderam diante Ivan Dodig e Filip Polasek, por 6-4 e 6-3.

"Nos pares, infelizmente, não conseguimos vencer, eles foram melhor que nós", resumiu Sousa, frisando ser "hora de desfrutar da vitória em singulares para amanhã [sexta-feira] voltar a dar tudo por tudo para tentar vencer."

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Ténis

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.