João Sousa: «Por vezes jogas melhor e perdes»

Vimaranense fala em resultado que não representa o que se passou em court

• Foto: EPA

João Sousa lamentou esta quinta-feira a derrota na segunda ronda do Open da Argentina, evento ATP 250 disputado em Buenos Aires, mas no final garantiu que não se sentiu em nada inferior a Pablo Cuevas, que levou a melhor por 6-4 e 7-5.

"Não joguei mal, ele não foi melhor do que eu hoje. O ténis tem destas coisas. Por vezes jogas melhor e perdes e esse foi o caso hoje. Ele não fez nada de especial para merecer a vitória, mas há dias assim. Há coisas que posso melhorar, como o serviço, mas também há coisas positivas. Podia ter vencido e tive muitas chances no primeiro set. No segundo set também, mas não consegui colocar-me na frente e no final ele venceu", confessou em declarações a Record, a partir da Argentina.

O minhoto de 29 anos não gostou das condições em que o encontro foi disputado. "O court está muito pesado. Estas condições favorecem o Cuevas, que gosta de jogar em terra pesada, mas é o que temos. Nem as condições nem o horário me ajudaram, porque ontem joguei às 22 horas da noite em pares e hoje regressei para jogar o meu primeiro encontro."

Para as próximas semanas... há que trabalhar. "Há coisas a melhorar e coisas boas depois de tanto tempo sem jogar em terra batida. É o primeiro torneio, gostaria de fazer um resultado melhor mas não consegui. Há que trabalhar mais e melhor. Ainda só joguei três torneios. Quero estar a bom nível nos próximos meses, sinto-me bem fisicamente e o meu objetivo principal é jogador"

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Ténis

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.