Mais uma surpresa nas ATP Finals: Medvedev afasta Nadal e defronta Thiem na final

Russo venceu em Londres e espanhol volta a não conquistar o único título que lhe falta

• Foto: Action Images

O russo Daniil Medvedev negou este sábado a Rafael Nadal a possibilidade de lutar pelo único grande título que lhe falta no ténis, ao protagonizar uma reviravolta para derrotar o espanhol e apurar-se para a final das ATP Finals.

Depois de perder o primeiro set e de ter visto Nadal servir para fechar o encontro no segundo parcial, com 4-5 no marcador, o número quatro mundial reentrou na partida, exibindo a consistência que demonstrou durante toda a semana na O2 Arena de Londres, e impôs-se por 3-6, 7-6 (7-4) e 6-3, em duas horas e 36 minutos.

A semana - e o mês - de sonho de Medvedev tornaram-no no segundo tenista na história das ATP Finals, depois de Novak Djokovic em 2008, a lutar pelo título um ano após ter-se estreado sem vitórias na competição que reúne os oito melhores jogadores da temporada. "Ele estava a ser melhor nos momentos importantes, e eu decidi mudar pequenas coisas, porque senti que, antes, tive oportunidades para ganhar alguns jogos. Mudei e correu muito bem. Estou muito feliz com isso", analisou.

Pela primeira vez na carreira, o russo, que está numa série de nove triunfos consecutivos, depois de há duas semanas ter conquistado o Masters 1.000 de Paris, conseguiu derrotar o número dois mundial.

Para o espanhol, é uma nova oportunidade perdida de alcançar o título mais importante que lhe escapa, numa carreira com 20 Grand Slams, um recorde que divide com Roger Federer. Nadal, de 34 anos, procurava tornar-se no mais velho tenista a vencer a competição, mas despede-se de Londres como aquele que mais vezes participou nas ATP Finals (10) sem erguer o cetro (foi finalista derrotado em 2010 e 2013).

Depois de bater os dois primeiros classificados do ranking mundial na sua caminhada triunfante na O2 Arena, Medvedev vai defrontar no domingo, na final, o homem que o precede na hierarquia, o austríaco Dominic Thiem, que derrotou Djokovic na outra meia-final. "O Dominic está a jogar realmente bem", disse o russo, que foi derrotado por Thiem nas meias-finais do Open dos Estados Unidos.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Ténis

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.