Maria Sharapova suspensa por dois anos

Federação Internacional de Ténis revela tamanho da pena

Maria Sharapova, ex-número um mundial e uma das maiores figuras do desporto mundial, ficou esta quarta-feira a saber que está suspensa por dois anos, a partir de 25 de janeiro de 2016, devido a um controlo anti-doping positivo no Open da Austrália.

"O Tribunal Independente entendeu que Maria Sharapova deverá ficar suspensa por dois anos e que essa suspensão tem efeitos retroativos para 25 de janeiro de 2016 pelo facto de a jogar ter admitido em março, após ser comunicada do controlo, que violou as regras anti-doping e consumiu uma substância proibida. A jogar perde ainda todos os pontos e dinheiro do Open da Austrália", pode ler-se no comunicado da ITF.

Num documento de 33 páginas, a ITF revela ainda que Sharapova controlou novamente positivo a 2 de fevereiro, num controlo fora de competição realizado em Moscovo. A ITF conclui ainda que Sharapova não tomou meldonium com a intenção declarada de melhorar a sua performance desportiva, mas atribui total responsabilidade à russa, uma vez que ninguém na sua equipa técnica tinha conhecimento de que Sharapova tomava tal substância. 

Maria Sharapova tomou Meldonium durante 10 anos, por perscrição de um médio russo, mas a substância só passou a ser proibída a 1 de janeiro de 2016. A russa assumiu desde o primeiro momento a responsabilidade, pelo facto de não ter consultado a lista dos novos produtos que passariam a constar na lista de ilegais.

Por José Morgado
2
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Ténis

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.