Nadal desiste em Paris e Djokovic regressa à liderança do ranking ATP

Espanhol queixa-se de dores abdominais

• Foto: Reuters

Novak Djokovic regressa na segunda-feira à liderança do ranking mundial ATP, face à desistência do espanhol Rafael Nadal do encontro desta quarta-feira da segunda ronda do Masters 1.000 de Paris.

"Nestes dias, não me tenho sentido bem. Comecei a ter dores abdominais, em especial quando servia, e o médico aconselhou-me a não jogar", justificou Nadal, antes do encontro em que deveria defrontar o compatriota Fernando Verdasco.

A desistência do maiorquino no Masters parisiense permite o regresso de Djokovic à liderança da hierarquia mundial, num momento em que o tenista espanhol liderava com mais 215 pontos do que o sérvio.

Para 'Djoko', é o regresso ao topo, posição que ocupou pela última vez em 31 de outubro de 2016, ainda antes da lesão que a meio de 2017 e boa parte de 2018 o fez cair até ao 22.º lugar, e o obrigou a uma cirurgia ao cotovelo.

Foi uma fase de carreira complicada para o sérvio, vencedor de 14 títulos em torneios do 'Grand Slam', os últimos este ano, primeiro na relva de Wimbledon e, depois, no Open dos Estados Unidos.

Também hoje, no Masters parisiense, o canadiano Milos Raonic anunciou a desistência antes do encontro da segunda ronda com o suíço Roger Federer, terceiro jogador mundial, devido a problemas no ombro direito.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Ténis

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.