Nadal: «Sou apaixonado por desporto e quero continuar ligado a ele quando retirar-me»

Tenista espanhol, de 33 anos, afirmou que o final da carreira "está perto"

• Foto: EPA

Rafael Nadal não pensa para já em retirar-se dos 'courts', mas afirma que "o final está perto" e que, quando o fizer, quer "continuar ligado ao desporto", até porque é "um eterno apaixonado". 

A confirmação foi dada pelo próprio tenista espanhol, numa visita às instalações da Telefónica, uma escola de programação pioneira onde os alunos elegem o seu caminho de aprendizagem sem professores, livros ou aulas, afirmou que quer permanecer ligado ao desporto quando decidir colocar a raquete de lado.

"Sou apaixonado por desporto e quero continuar ligado a ele quando decidir retirar-me. Estou na fase final, é triste mas é assim e a academia é para assegurar-me esse objetivo para o futuro", disse o tenista espanhol, vencedor de 19 títulos de Grand Slam, que é embaixador da Telefónica desde 2015.

Rafael Nadal acredita que "quando se faz uma coisa que se gosta não há sacrifícios" e que esse tem sido o lema que tem levado ao longo da sua carreira enquanto tenista profissional.

"Faço o que gosto e quando alguém faz algo de que gosta não há sacrifícios. Daquilo que eu estou realmente satisfeito é da capacidade de superação, de continuar a crescer mesmo já tendo conseguido muitas coisas e superando momentos, como por exemplo, quando o corpo não responde. Fi-lo sempre com a ajuda das pessoas que tenho ao meu lado", finalizou.

Por Sérgio Magalhães
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Ténis

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.