Pedro Sousa garante vaga nas meias-finais do Maia Open

Tenista português eliminou o belga Kimmer Coppejans

• Foto: DR Record

O número dois português, Pedro Sousa, eliminou esta sexta-feira o belga Kimmer Coppejans e apurou-se para as meias-finais do Maia Open, último torneio da época do ATP Challenger Tour, que está a decorrer no Complexo de Ténis da Maia.

Num evento que já não conta com nenhum dos outros representantes nacionais em prova, o lisboeta e número 113.º do ranking ATP precisou de três sets para derrotar o belga Coppejans (179.º ATP), que havia beneficiado da desistência do adversário argentino Marco Trungelliti na ronda anterior, com os parciais de 6-2, 3-6 e 6-1, em uma hora e 39 minutos.

"Estou contente por ter ganhado. Acho que o primeiro e o terceiro sets foram os melhores que joguei até agora no torneio. Infelizmente tive um 'apagãozinho' a meio do segundo set mas fui a tempo de corrigir e acabei com boas sensações", avançou Sousa, em declarações à SportTV.

Apesar de defender ser "difícil jogar ao nível" que jogou, na primeira partida, "durante todo o encontro", Pedro Sousa confessa não poder "baixar tanto o nível" e ser esse "um aspeto a melhorar e a corrigir."

Na meia-final, agendada para sábado, logo após o primeiro encontro do dia com início marcado para as 11 horas, o jogador português, de 32 anos, vai defrontar o jovem espanhol Bernabe Zapata Miralles (155.º ATP), de 23 anos, que se impôs ao suíço Henri Laaksonen também em três partidas, pelos parciais de 6-2, 3-6 e 6-4.

"Ele é um dos jogadores que, durante a quarentena, deu um salto, ganhou o seu primeiro torneio e já fez bons resultados a seguir. Está a jogar muito bem, é um jogador bastante complicado e tem pancadas muito fortes, mas vou tentar dar o meu melhor e ver que acontece", finalizou.

Pedro Sousa procura alcançar um bom resultado no Maia Open, que no domingo consagra o último campeão da temporada do ATP Challenge Tour, por forma a aproximar-se no top-100 mundial e garantir, assim, o acesso direto ao quadro principal do Open da Austrália, primeiro torneio do Grand Slam de 2021.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Ténis

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.