Roger Federer não deixa Greta sem resposta: «Levo muito a sério as alterações climáticas»

Ativista sueca criticou o tenista por ser um dos embaixadores do Credit Suisse

Roger Federer respondeu às acusações de que foi alvo por parte de Greta Thunberg. A ativista sueca criticou o tenista suíço por ser um dos embaixadores do banco Credit Suisse, que segundo Greta, é o principal parceiro de mais de 40 empresas que se destinam à produção de combustíveis fósseis.

Federer, atual nº3 do ranking ATP e campeão de 20 títulos do Grand Slam, já reagiu às acusações e deixa uma garantia.

"Levo muito a sério as alterações climáticas e os problemas ambientais, especialmente numa altura em que aterro na Austrália e me deparo com os incêndios que têm afetado o país. Como pai de quatro crianças e defensor de uma educação universal, tenho muito respeito e admiração por jovens ativistas que inventivem a que os nossos comportamentos mudem e que possamos encontrar soluções melhores para o Mundo em que vivemos. Aceito as lembranças quanto à minha responsabilidade enquanto indivíduo e estou disposto a utilizar a minha visibilidade para dialogar sobre esses assuntos importantes juntamente com os seus parceiros", disse o tenista num comunicado à agência Reuters.

4
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Ténis

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.