Torneio de exibição de ténis em Berlim vai ter 800 espetadores

Após quatros tenistas testaram positivo para covid-19 em evento similar promovido por Novak Djokovic

Um torneio de exibição de ténis em Berlim em meados de julho vai poder contar com até 800 espetadores por dia, apesar de quatro jogadores terem testado positivo para covid-19 em evento similar promovido por Novak Djokovic.

As autoridades de saúde da capital da Alemanha decidiram que a competição em piso de relva ao ar livre, de 13 a 15 de julho, vai ter um limite de 800 pessoas, enquanto uma outra, a realizar em superfície dura num hangar do aeroporto de Tempelhof, em desuso, de 17 a 19 de julho, poderá ser assistida por 200 espetadores.

Dominic Thiem e Alexander Zverev, que estiveram no Adria Tour, promovido por Djokovic, um dos quatro contaminados, são dois dos participantes, tal como Nick Kyrgios, crítico nas redes sociais sobre o evento do sérvio, Jan-Lennard Struff, Jannik Sinner e Tommy Haas.

As competições femininas contarão com Elina Svitolina, Kiki Bertens, Petra Kvitova, Julia Goerges, Caroline Garcia e Andrea Petkovic.

Segundo os organizadores, este é o primeiro evento desportivo na Alemanha que em tempos do novo coronavírus vai contar com espetadores: as ligas de futebol e de basquetebol foram retomadas, mas em recintos vazios.

Na Adria Tour verificaram-se quebras no distanciamento social, com jogadores a abraçar-se e a conviver em festas em discotecas: Grigor Dimitrov testou positivo e logo depois confirmou-se igual situação com Djokovic, Borna Coric e Viktor Troicki.

Para evitar contágios, os organizadores germânicos prometem medidas estritas de higiene e de distanciamento social, pelo que os espetadores devem chegar com máscaras, que apenas podem ser removidas nas bancadas, e muitos lugares serão deixados vazios.

"Como todo o mundo do ténis vai estar a olhar para Berlim e para estes torneios, os participantes e toda a equipa devem estar conscientes da sua condição de modelos a seguir", avisou o organizador, Edwin Weindorfer.

Atletas e 'staff' vão ser testados e devem respeitar o rígido protocolo de segurança.

A Alemanha registou mais 498 casos da covid-19 nas últimas 24 horas para um total de 194.259 e mais 12 vítimas mortais, somando 8.973 desde o início da pandemia.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Ténis

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0