US Open: Nadal confirma, Gauff surpreende e Khachanov é eliminado na estreia

Tenista espanhol venceu o australiano John Millman e segue para a segunda ronda

O tenista espanhol Rafael Nadal confirmou o favoritismo frente ao australiano John Millman e acedeu à segunda ronda do US Open, num dia em que a norte-americana Coco Gauff surpreendeu e o russo Karen Khachanov foi eliminado.

Numa jornada em que quatro jogadores do top-10 do ranking mundial foram eliminados - Dominic Thiem (quarto), Stefanos Tsitsipas (oitavo), Karen Khachanov (nono) e Roberto Bautista Agut (10.º) -, Rafael Nadal, número dois do mundo, fez valer o seu estatuto frente a Millman, carrasco do suíço Roger Federer nos oitavos de final, em 2018.

O esquerdino natural de Maiorca, de 33 anos, ultrapassou a primeira ronda e o adversário dos Antípodas (60.º do circuito ATP) em três sets, pelos parciais de 6-3, 6-2 e 6-2, em duas horas e oito minutos.

"Estou muito contente com a vitória e por estar de volta a Nova Iorque", disse Nadal, que há um ano foi obrigado a desistir nas meias-finais com Juan Martin Del Potro, devido a uma lesão no joelho direito.

"O primeiro encontro é sempre um bocadinho novo. Mesmo que já tenha jogado aqui muitas vezes, os começos não são fáceis. O meu serviço funcionou bem e, mesmo a esquerda não tendo estado tão bem como poderá estar, estou contente", completou.

Graças ao triunfo, Nadal, detentor de 18 títulos do Grand Slam, três dos quais conquistados em Flushing Meadows, vai defrontar o também jovem australiano Thanasi Kokkinakis (203.º da hierarquia), de 23 anos, que nunca passou da segunda ronda nas duas únicas vezes em que jogou o quadro principal.

Ao contrário de Nadal, Khachanov foi derrotado pelo canadiano Vasek Pospisil (216.º), que tem como melhor resultado também a presença na segunda ronda.

O encontro ainda foi disputado em cinco sets, mas o jovem russo, de 23 anos, não conseguiu evitar o desaire, por 4-6, 7-5, 7-5, 4-6 e 6-3.

Entre os jogadores que se apuraram na última madrugada estão ainda, entre outros, o australiano Nick Kyrgios, após a vitória ante o norte-americano Steve Johnson, por 6-3, 7-6 (7-1) e 6-4, e o norte-americano John Isner (14.º ATP), graças ao triunfo frente ao espanhol Guillermo Garcia-Lopez, por 6-3, 6-4 e 6-4.

No duelo entre dois jovens canadianos, o segundo em anos consecutivos na primeira ronda do US Open, a vitória sorriu a Denis Shapovalov, de 20 anos, diante Félix Auger-Aliassime, de 19 anos, em três sets, com parciais de 6-1, 6-1 e 6-4.

Na competição feminina, duas surpresas a encerrar a sessão noturna do segundo dia da primeira ronda. A vitória de Coco Gauff e a derrota da também norte-americana Sloane Stephens, campeã em Nova Iorque em 2017.

Graças a um wild card, a jovem prodígio, de 15 anos, estreou-se a vencer no quadro principal do US Open, ao bater, em três sets, a russa Anastasia Potapova, de 18 anos, que ocupa o 72.º lugar do ranking WTA.

Gauff, que recentemente fez história ao atingir os oitavos de final de Wimbledon, ainda perdeu o primeiro parcial, mas deu a volta e triunfou por 3-6, 6-2 e 6-4. O próximo desafio será frente à húngara Timea Babos.

Já Stephens, número 10 mundial, despediu-se do último Grand Slam da temporada, ao ser 'despachada' pela jovem russa Anna Kalinskaya (127.ª WTA) em dois sets, com parciais de 6-3 e 6-4, em uma hora e 25 minutos.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Ténis

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.