US Open: Nadal qualifica-se para a terceira ronda sem jogar e segue Kyrgios e Gauff

Tenista espanhol beneficiou da desistência do australiano Thanasi Kokkinakis

O tenista espanhol Rafael Nadal avançou na quinta-feira para a terceira ronda do US Open, após desistência do adversário, enquanto o australiano Nick Kyrgios conquistou uma vitória tranquila e a norte-americana Coco Gauff fez história.

Aos 15 anos e munida de um wild card, Coco Gauff acedeu ao quadro principal do último torneio do Grand Slam da temporada e, na segunda ronda, tornou-se na mais jovem jogadora a alcançar o lote de 32 finalistas do US Open desde a russa Anna Kournikova, em 1996.

Gauff, a contar com o apoio de um Louis Armstrong Stadium lotado, bateu a húngara Timea Babos em três sets, com parciais de 6-2, 4-6 e 6-4, em duas horas e 22 minutos.

"Sendo norte-americana, a jogar em Nova Iorque é maravilhoso. Sabia que ia ser a favorita, especialmente depois de Wimbledon, mas também por ser norte-americana. Mas nunca pensei que fosse assim", reconheceu, lembrando a quarta ronda na relva londrina.

Em court, Gauff, que ocupa o 140.º lugar no ranking WTA, assumiu o controlo do encontro, mesmo tendo cedido o segundo set, para marcar encontro com a japonesa Naomi Osaka, que está a defender o título na metrópole nova-iorquina.

"Foi muito bom. Penso que no primeiro set assumi definitivamente o controlo, mas no segundo ela elevou um pouco o nível e eu não fui capaz de fechar. Mas ela jogou muito bem. Penso que também joguei bem. Foi um grande encontro", avaliou a menina prodígio.

Tal como Gauff, a dinamarquesa Caroline Wozniacki, finalista em 2014 e 19.ª colocada na hierarquia mundial, também acedeu à fase seguinte da prova, ao eliminar a norte-americana Danielle Collins em três parciais, por 4-6, 6-3 e 6-4.

No quadro masculino, e num dia em que Rafael Nadal nem precisou de entrar no Arthur Ashe Stadium para aceder à terceira jornada, na sequência da desistência do australiano Thanasi Kokkinakis, devido a uma lesão no ombro direito, Kyrgios conquistou um triunfo tranquilo frente ao francês Antoine Hoange.

O australiano e 28.º classificado no ranking, que tem protagonizado alguns episódios polémicos e tem sido alvo de algumas punições por parte do ATP, afastou o francês (104.º ATP), por 6-4, 6-2 e 6-4. O próximo adversário de Kyrgios será o russo Andrey Rublev, que beneficiou da desistência do francês Gilles Simon, quando vencia por 6-2.

Triunfo igualmente tranquilo alcançou o norte-americano John Isner (14.º ATP) sobre o alemão Jan-Lennard Struff, por 6-3, 7-6 (7-4) e 7-6 (7-5), enquanto o croata Marin Cilic, campeão do US Open em 2014, teve de se aplicar para afastar o também germânico Cedrik-Marcel Stebe, por 4-6, 6-3, 7-5 e 6-3.

Na competição de pares, o português João Sousa e o parceiro Leonardo Mayer passaram com distinção o primeiro teste diante o argentino Andres Molteni e o eslovaco Igor Zelenay, por 6-2 e 6-4, e apuraram-se para a segunda ronda em Flushing Meadows.

Por Lusa
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Ténis

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.