Record

WTA vai investigar incidente de Serena com Carlos Ramos

Organismo anunciou a decisão em comunicado depois da final

• Foto: EPA
O WTA, organismo que gere o circuito feminino de ténis, anunciou em comunicado que vai investigar os acontecimentos que tiveram lugar na final feminina do US Open, ganha pela japonesa Naomi Osaka, e em que Serena Williams se queixou violentamente das advertências do árbitro português Carlos Ramos.

A norte-americana, antiga número 1 mundial, apelidou Ramos de "ladrão", "mentiroso" e exigiu-lhe um pedido de desculpas quando foi advertida pelo juiz por receber instruções do treinador.

"Ambas jogaram um ténis excelente ao longo de todo o torneio. Há assuntos que devem ser investigados", explica o organismo, em comunicado.

Serena Williams para árbitro português: «Roubaste-me um ponto, és um ladrão»

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Ténis

Notícias

Notícias Mais Vistas

M