Rui Machado: «Estou agradecido por mais uma oportunidade»

Desapontado por não ter jogado ao seu melhor nível

• Foto: Pedro Simões

Rui Machado foi eliminado na primeira ronda da fase de qualificação do Millennium Estoril Open e no final do encontro mostrou-se naturalmente desapontado pelo desaire diante de Elias Ymer, especialmente por ter considerado que não se exibiu tão bem como é hábito.

"Não saio com a sensação de ter feito um grande encontro. Em termos de nivel não me senti muito bem, também sei que as condições eram difíceis. Estava difícil jogar e houve muitos erros por causa do vento. Não me adaptei tão bem quanto costume às condições. Não consegui ser agressivo e construir as jogadas que normalmente construo. Estive sempre um pouco à procura do meu ritmo", confessou durante a conferência de imprensa pós-encontro.

O algarvio de 32 anos, múltiplo campeão nacional e um dos jogadores mais internacionais da seleção portuguesa da Taça Davis, confessou que este ano não pediu um wild card para o quadro principal, mas sim um convite "para disputar o torneio". "Escrevi um email como nos anos em que precisei de wild card. Pedi um convite para disputar o torneio uma vez que o meu ranking não dava sequer para o qualifying.
Eu gosto de estar agradecido, não só por este ano mas também pelos outros. Alguns anos entrei direto, noutros passei o qualifying e noutros anos recebi convites e tive essa oportunidade. Sinto-me agradecido. A organização faz o que é melhor para o torneio. E se for melhor para o torneio é provavelmente melhor para o ténis português."

Por José Morgado
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Estoril Open

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.