João Sousa e Leonardo Mayer na segunda ronda de pares

Dupla luso-argentina derrotou o norte-americano James Cerretani e o britânico Ken Skupski

PUB

João Sousa, ao lado do argentino Leonardo Mayer, qualificou-se esta quinta-feira para a segunda ronda do quadro de pares do Open da Austrália, primeiro torneio do Grand Slam da temporada.

Um dia depois de terem sido eliminados pelo croata Marin Cilic e pelo espanhol Rafael Nadal, respetivamente, Sousa e Mayer bateram o norte-americano James Cerretani e o britânico Ken Skupski, 7-6 (10-8) e 7-5, em uma hora e 53 minutos.

Em declarações à sua assessoria de imprensa, João Sousa disse estar "contente com a forma" como conseguiram vencer este encontro, cujos adversários foram 'repescados' após desistência da dupla australiana.

"Eram jogadores que eu não conhecia, mas o meu parceiro, o Leo, já conhecia, já tinha defrontado, pelo que se tornou um pouco mais fácil de saber como jogavam", admitiu.

Sobre o encontro, João Sousa considerou que o "primeiro set foi muito equilibrado, com as duas equipas a servir a um bom nível, com poucas oportunidades de fazer 'breaks'", revelando que uma subida de nível no 'tie-break' lhes permitiu vencer.

"No segundo set, foi também muito parecido, com os dois a servirem muito bem. No 5-5 conseguimos fazer um 'break', logo na primeira oportunidade. Conseguimos aproveitar muito bem as oportunidades e daí a nossa vitória de hoje", referiu.

Na próxima ronda, a dupla luso-argentina vai encontrar o indiano Rohan Bopanna e o francês Edouard Roger-Vasselin, décimos cabeças de série.

"Muito contente, já não jogava com o Leo há algum tempo. Já jogamos muitas vezes e estamos habituados a jogar juntos, o que é bom. Amanhã [sexta-feira] voltamos a jogar, voltamos ao campo e vamos ver como corre. Dar tudo por tudo para continuar em prova", concluiu.

Por Lusa
Deixe o seu comentário
PUB