Record

Federer e Djokovic avançam para os oitavos de final

Ao vencerem Richard Gasquet e Albert Ramos

• Foto: Reuters
O suíço Roger Federer e o sérvio Novak Djokovic qualificaram-se este sábado para os oitavos de final do Open da Austrália, primeiro Grand Slam de ténis do ano, ao vencerem o francês Richard Gasquet e o espanhol Albert Ramos, respetivamente.

Federer, detentor do título e segundo cabeça de série, assegurou a sua 16.ª presença nos 'oitavos' em Melbourne, em 19 participações, ao vencer Ramos, pela 17.ª vez em 19 duelos, por 6-2, 7-5 e 6-4, em uma hora e 59 minutos.

"O que pode ter feito a diferença é que eu continuei mais ofensivo do que ele, mas talvez também por ter protegido melhor o meu serviço. O segundo 'set' foi renhido, assim como o encontro, e até podíamos ter ido a 'tie-break' e aí nunca se sabe o que acontece, pelo que tive de manter a concentração", referiu Federer, após deixar o quadro masculino sem franceses na segunda semana de um Grand Slam, o que ocorre pela primeira vez desde o Open da Austrália de 2015.

O suíço, que procura o seu sexto título na Austrália, vai disputar uma vaga nos quartos de final frente a uma das surpresas do torneio, o húngaro Marton Fucsovics, 80.º do 'ranking' mundial, que bateu o argentino Nicolas Kicker, por 6-3, 6-3 e 6-2, após uma hora e 58 minutos.

Fucsovics é o primeiro húngaro que chega a esta fase num 'major' desde o feito de Balazs Taroczy em 1984, em Roland Garros.

Antes, Djokovic, 14.º cabeça de série, impôs-se em duas horas e 21 minutos a Ramos, por 6-2, 6-3 e 6-3, confirmando a sua recuperação, depois de um longo período de paragem desde julho de 2017, devido a uma lesão no cotovelo direito.

"Não foi fácil, tive de lutar para ganhar os pontos porque ele conseguiu muitas bolas, mas estou contente com o meu nível de jogo", referiu o sérvio.

O seis vezes campeão na Austrália vai agora enfrentar o sul-coreano Hyeon Chung, 58.º do mundo, que hoje surpreendeu o alemão Alexander Zverev, quarto cabeça de série, por 5-7, 7-6, 2-6, 6-3 e 6-0, em três horas e 25 minutos.

Outros embates nos oitavos de final vão opor o checo Tomas Berdych, que se impôs com autoridade ao argentino Juan Martín del Potro (6-3, 6-3 e 6-2), ao italiano Fabio Fognini, que derrotou o francês Julien Benneteau (3-6, 6-2, 6-1, 4-6 e 6-3), e o austríaco Dominic Thiem, 'carrasco' do também francês Adrian Mannarino (6-4, 6-2 e 7-), ao norte-americano Tennys Sandgren, vencedor do encontro com o alemão Maximilian Marterer (7-5, 3-6, 5-7 e 6-7 [7-5]).
Por Lusa
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Open da Austrália

Notícias

Notícias Mais Vistas

M