João Sousa e a meia-final de pares no Open da Austrália: «Trabalho duro compensa»

Vimaranense tornou-se no 1.º tenista português a apurar-se para as meias-finais de um torneio do Grand Slam

• Foto: EPA

João Sousa assumiu esta terça-feira sentir-se recompensado pelo "trabalho duro" efetuado, depois de se ter tornado no primeiro tenista português a apurar-se para as meias-finais de um torneio do Grand Slam, na categoria de pares do Open da Austrália.

"Jogar os quartos de final de um Grand Slam é um grande prazer, especialmente num court como este [Margaret Court Arena]. Jogámos um grande encontro e estamos muito contentes por passar às meias-finais. Servimos muito bem, respondemos bem e estamos muito contentes com o nível jogado durante toda a semana", destacou o vimaranense, de 29 anos, após a vitória por 6-4 e 7-6 (8-6), em cerca de uma hora e 30 minutos.

Depois de eliminar o neozelandês Michael Venus e o sul-africano Raven Klaasen, sextos cabeças de série e finalistas de Wimbledon em 2018, João Sousa, que fez dupla com o argentino Leonardo Mayer, revelou sentir que "o trabalho duro compensa". Apurados para as meias-finais, Sousa e Mayer vão agora discutir a passagem à final com os vencedores do encontro entre os pares Jamie Murray/Bruno Soares, terceiros cabeças de série, e Henri Kontinen/John Peers.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Open da Austrália

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.