Casper Ruud: «Pósteres de Federer? Sou mais fã de Nadal»

Jovem, de 20 anos, defronta suíço hoje em Paris. É fã do espanhol e treina-se na sua academia

Há 20 anos, quando Roger Federer (então com 18) se estreou no quadro principal de Roland Garros, havia um Ruud no quadro principal da prova. Era Christian, o melhor jogador da história da Noruega, que seis meses antes havia sido pai pela primeira vez. Hoje, pelas 11h30 no Court Suzanne Lenglen, o seu filho Casper (20 anos) será o rival de Federer na 3ª ronda em Paris, num verdadeiro encontro de gerações.

"É curioso que eu seja o primeiro Ruud a defrontar o Roger. O meu pai retirou-se cedo, pouco depois de ele aparecer", confessou o jovem que se treina em Maiorca, na Academia... de Rafa Nadal. "Federer e Nadal sempre foram as minhas referências. Pósteres do Roger no quarto? Não, sempre fui mais fã do Rafa", desabafou o nórdico.

Federer brincou com a diferença de idades. "Confessou que conheço melhor o pai do que o filho. Mas espero um encontro difícil", confessou aos jornalistas.

A jornada de ontem ficou marcada pelo triunfo tranquilo de Novak Djokovic (diante de Henri Laaksonen), pelo set perdido por Dominic Thiem (bateu Alexander Bublik em 4 sets) e pela enorme batalha de cinco partidas que Juan Martín Del Potro precisou para superar Yoshihito Nishioka.

Nas senhoras, Naomi Osaka (diante de Victoria Azarenka) e Simona Halep (face a Magda Linette) precisaram de terceiras sets, ao passo que Serena Williams mostrou ser cada vez mais candidata: disparou 36 winners em pouco mais de uma hora para bater a japonesa Kurumi Nara, por 6-3 e 6-2.

Por José Morgado
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Roland Garros

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.