Roland-Garros terá público nas bancadas

Terá um máximo de mil por court e um terço da capacidade

• Foto: Reuters

O torneio de Roland-Garros, que decorre entre 30 de maio e 13 de junho, vai ter público, num máximo de mil por court e um terço da capacidade, anunciou o ministro da Educação e Desporto francês, Jean-Michel Blanquer.

Como parte do progressivo desconfinamento decidido pelo governo, "o modelo é de 35 por cento" da capacidade dos estádios, "com o máximo 1.000 pessoas" por campo, detalhou o ministro Jean-Michel Blanquer ao canal televisivo France 3.

O governante admite mexidas na lotação, se as medidas atuais se alterarem com o aproximar da data do torneio do Grand Slam, que, ao que tudo indica, evoluirá para um máximo de 65 por cento da capacidade e um máximo de 5.000 pessoas.

Jean-Michel Blanquer admitiu ainda que, dependendo da evolução da pandemia de covid-19, a presença de público nos jogos noturnos de Roland-Garros, situação que viola o recolher obrigatório em vigor, também irá ser avaliado a seu tempo.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Roland Garros

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.