Record

Assinatura Digital Premium Saiba mais

Super fã desafia rainha

Serena joga final em Nova Iorque com Osaka, que joga ténis por causa da americana

Naomi Osaka é uma das personalidades mais interessantes do ténis mundial: nasceu... em Osaka, no Japão, mas mal sabe falar japonês, uma vez que os seus pais emigraram para os Estados Unidos quando tinha 3 anos. Muito ativa desde criança, a nipónica virou desportista e a escolha da modalidade foi fácil pois o seu ídolo sempre foi... Serena Williams. Osaka nasceu em 1997 e mudou-se para os Estados Unidos em 2000. Um ano antes, Serena ganhava o seu primeiro título... no US Open, com 17 anos!

Hoje, no maior court de ténis do Mundo, Serena Williams e Noami Osaka defrontam-se na final, num duelo de gerações entre aquela que é, para muitos, a melhor de sempre, e uma jovem que é uma das suas maiores fãs.

Nas meias-finais, as duas venceram facilmente: Serena despachou a letã Anastasija Sevastova, por 6-3 e 6-0, num encontro em que subiu 28 vezes à rede (um recorde pessoal) ao passo que Osaka bateu a norte-americana Madison Keys, finalista de 2017, por 6-2 e 6-4, salvando os 13 pontos de break que enfrentou. Williams vai jogar a sua 31ª final de Majors (tem agora mais do que Federer!). Osaka... a primeira.

Muita história em jogo

A final do US Open 2018 é um verdadeiro encontro marcado com a história. Serena Williams, de 36 anos, procura igualar Margaret Court (entre mulheres e homens) com mais títulos do Grand Slam de singulares (24) e pode fazê-lo apenas um ano depois de ter sido mãe pela primeira vez e de... quase ter morrido no parto.

"Há um ano estava literalmente a lutar pela vida no hospital. Por isso, dou graças por cada vez que subo ao court agora. É como se cada vez que entro em campo já tivesse vencido."

Osaka, por seu turno, quer ser a primeira japonesa a vencer um Major individual e não escondeu qual foi a sua maior motivação para vencer as meias-finais. "Sei que pode soar mal o que vou dizer mas... eu queria mesmo defrontar Serena. Porquê? Porque ela é a Serena. Nem é preciso dizer mais nada. Estou muito, muito feliz", assegurou a japonesa.

Serena Williams e Noami Osaka já se defrontaram este ano, na 1ª ronda de Miami (em março), e a japonesa arrasou o seu ídolo (então com muitos quilos a mais e fora de forma), por 6-3 e 6-2. O encontro arranca às 21 horas.
Por José Morgado
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de US Open

Notícias

Notícias Mais Vistas

M M