US Open: Chuva marca dia em que Federer e Nishikori acederam à terceira ronda

Esta quarta-feira só se jogou em dois 'courts'

O suíço Roger Federer e o japonês Kei Nishikori qualificaram-se esta quarta-feira para a terceira ronda do US Open em ténis, quarto 'major' da época, num dia em que só se jogou em dois 'courts', devido à chuva.

Naquele que foi o terceiro encontro entre ambos, após os embates em Roland Garros e Wimbledon, em 2015, Roger Federer, número três mundial e pentacampeão do torneio norte-americano, voltou a levar a melhor diante Damir Dzumhur (99.º no mesmo ranking), desta vez em quatro 'sets', por 3-6, 6-2, 6-3 e 6-4.

Apesar da derrota, o bósnio conseguiu, pela primeira vez, ganhar um 'set' ao seu ídolo Roger Federer, que, à semelhança do sucedido na estreia, frente ao indiano Sumit Nagal, foi obrigado a jogar quatro partidas no Arthur Ashe Stadium, um dos dois 'courts' cobertos em Flushing Meadows, a par do Louis Armstrong Stadium.

Após o triunfo conquistado em duas horas e 22 minutos, o detentor de 20 títulos do 'Grand Slam' fica a aguardar pelo desfecho do desafio entre o britânico Daniel Evans e o francês Lucas Pouille para conhecer o adversário da fase seguinte.

Numa jornada marcada pela chuva, que obrigou à reformulação da ordem de encontros e ao cancelamento de outros, como o do português João Sousa e do argentino Leonardo Mayer, na vertente de pares, o japonês Kei Nishikori foi outro dos jogadores a assegurar a continuidade em prova.

O nipónico, vice-campeão em 2014 e semifinalista em 2016 e 2018, precisou de quatro partidas para eliminar o norte-americano Bradley Klahn (108.º ATP), a jogar o quadro principal com um 'wild card', por 6-2, 4-6, 6-3 e 7-5, em duas horas e 44 minutos. O próximo duelo do número sete mundial será contra o vencedor do embate entre Alex de Minaur e Christian Garín.

Ao contrário dos dois primeiros apurados, o búlgaro Grigor Dimitrov nem precisou de entrar em 'court' para garantir a presença na terceira ronda. O croata Borna Coric (12.º ATP) ressentiu-se de alguns problemas nas costas e desistiu do encontro com o 78.º colocado do 'ranking' ATP, que vai defrontar agora o vencedor do duelo entre Pablo Cuevas e Kamil Majchrzak.

Na prova feminina, a checa Karolina Pliskova, número três da hierarquia WTA e finalista do US Open em 2016, confirmou o favoritismo diante Mariam Bolkvadze (202.ª WTA), da Geórgia, ao triunfar em uma hora e seis minutos, por 6-1 e 6-4. O encontro entre Ons Jabeur e Aliaksandra Sasnovich irá decidir a próxima adversária de Pliskova.

A ucraniana Elina Svitolina, apesar de ter sentido maiores dificuldades para seguir em frente, também afastou a bicampeã Venus Williams, por duplo 6-4, para ficar a aguardar pela decisão do encontro da segunda ronda entre Rebecca Peterson e Dayana Yastremska, 32.ª cabeça de série em Nova Iorque.

Por Lusa
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de US Open

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.