Fernando Feijão prevê sucesso financeiro

Presidente da FTP afirma que prova em Quarteira pode chegar aos 2,5 milhões de euros

• Foto: Fernando Ferreira

Fernando Feijão, presidente da Federação de Triatlo de Portugal, afirmou esta sexta-feira que a prova XV Triatlo Professor Carlos Gravata, competição que inclui a primeira etapa da Taça da Europa e a segunda etapa da Taça de Portugal, pode gerar uma receita a rondar os 2,5 milhões para a cidade de Quarteira.

Na conferência de imprensa da prova que decorre no próximo sábado e domingo, o dirigente da FTP disse que este tipo de iniciativa incita o "turismo desportivo": "Todo o euro investido é um euro produtivo. Cada euro gera vários euros." E adiantou que a média de impacto direto "pode chegar aos 2,5 milhões de euros para o município da Quarteira".

Na mesma cerimónia também estiveram presente Hugo Nunes, Vice-Presidente da Câmara Municipal de Loulé, e Telmo Pinto, Presidente da Junta de Quarteira, que sublinharam a importância deste tipo de prova, no combate à sazonalidade.

"O concelho de Loulé esteve sempre ligado ao desporto e, como tal, revê no triatlo uma das suas ambições. O desporto colmata o problema sazonal do turismo, sendo o triatlo já uma referência na Quarteira", afirmou o presidente da Junta.

Por Francisco Santos
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Triatlo

Notícias

Notícias Mais Vistas