O incrível feito de Fábio Rigueira: completou Ironman só com uma perna e parte do pulmão

Atleta brasileiro mostrou uma vez mais que nada é impossível

Não é a primeira vez que tal sucede, já que em 2018 havia também conseguido igual façanha, mas o brasileiro Fábio Rigueira voltou este fim de semana a mostrar que nada é impossível, ao completar Ironman de Florianópolis em muletas. Amputado da perna esquerda, em consequência de um cancro no fémur detetado quando tinha oito anos, Fábio Rigueira teve também de enfrentar o facto de não ter parte de um pulmão, mas nem isso o fez voltar as costas à luta.

Enfrentou pela segunda vez o incrível desafio que é um IronMan (3,8 km de natação, 180 km de ciclismo e 42,2 km de corrida) e conseguiu concluí-lo em 13:56:12 horas, um registo que o colocou como sendo o 1126.º na tabela, num total de 1284 atletas e que lhe permitiu melhorar em 50 minutos aquilo que fizera em 2018 (14:46 horas). 1:07:11, 6:40:09 e 5:50:05 horas foram os parciais conseguidos pelo brasileiro.

Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Triatlo

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.