Benfica e Fonte com missão (im)possível

Equipas procuram continuar na Taça CEV, após derrota por 3-0 na 1ª mão dos oitavos-de-final

• Foto: Vítor Chi

Não há impossíveis no desporto. Prova disso é o regresso triunfal de Roger Federer após seis meses de ausência dos courts e para aos 35 anos ganhar o 18º torneio do Grand Slam. Mas não é menos verdade que Benfica e Fonte do Bastardo têm uma tarefa deveras complicada na segunda mão dos oitavos-de-final da Challenge Cup, depois de ambas as equipas terem perdido por 3-0 a primeira. Não só porque agora jogam fora – as águias em França e os insulares na Turquia –, mas porque têm de conseguir triunfos por 3-0 e 3-1 para depois discutirem a passagem aos quartos-de-final no desempate, o designado Golden Set.

O Benfica é o primeiro a entrar em ação na segunda mão, defrontando hoje (19 horas em Portugal) o líder do campeonato francês, o Chaumont VB 52. Os encarnados sabem da missão quase impossível, mas não atiram a toalha ao chão. "Sabemos que vai ser muito difícil, pois vamos jogar perante uma equipa de grande qualidade, mas estamos esperançados num bom resultado", começou por dizer o central Flávio Soares à BTV. "Estamos muito concentrados, motivados e com alguma ansiedade e muita vontade de nos colocarmos à prova mais uma vez." Os encarnados chegaram há duas épocas à final da Challenge Cup, na temporada que marcou o regresso às competições europeias após larga ausência, caindo a época transata nas meias-finais.

Amanhã será a vez dos campeões nacionais jogarem em Istambul com o Galatasaray. O encontro, na Turquia, está marcado para as 15h30 em Portugal Continental.

Por Ana Paula Marques
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Voleibol

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.