Federação não comenta críticas nem ameaça do Sporting

Organismo emitiu um comunicado apelando à união

• Foto: Paulo Calado

A federação recusou comentar as críticas e a ameaça do Sporting, mas em comunicado reforçou as razões da suspensão dos campeonatos até 31 de agosto, ao mesmo tempo que, sem se referir ao Sporting ou a qualquer outro clube, disse que "a situação que se vive em Portugal e no resto da Europa e do Mundo, é demasiado grave para se comunicar por meias palavras ou se criarem divisões, no momento em que o que mais precisamos é de estar unidos".

A FPV frisa, ainda, que "foi um número significativo de clubes que contactou a federação, para além dos igualmente auscultados informalmente, e que atestaram, maioritariamente, ser a situação que vivemos, com pavilhões fechados e sem qualquer hipótese de treino, e com certificados de transferência internacionais a expirar, uma situação absolutamente incomportável..."

E finaliza, dizendo que "a FPV não deixará de, oportunamente, tomar a decisão que considerar melhor, mais adequada e mais justa para o Campeonato em questão, cientes de que, nesta fase, existe somente um único alvo a abater: a Covid-19".

1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Voleibol

Sporting já prepara

Leões começam a planear a próxima temporada, depois da ameaça em acabar com a equipa

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.