Hugo Silva antevê dificuldades no próximo torneio da Liga Mundial

A lesão grave de Marcel Gil também causa preocupação ao Selecionador Nacional

• Foto: Federação Portuguesa de Voleibol

O selecionador português de voleibol, Hugo Silva, considerou esta segunda-feira que a dificuldade na Liga Mundial é crescente e que o próximo torneio, na República Checa, vai ser ainda mais difícil do que o da Eslováquia.

"Temos uma árdua tarefa pela frente, que será encontrar soluções para o lugar do Marcel Gil, que estará fora da Liga Mundial, devido a uma lesão grave", disse Hugo Silva, referindo-se à entorse na tibiotársica sofrida pelo central na disputa do primeiro ponto do jogo com o Japão, no sábado.

Portugal terminou o grupo B2 da Liga Mundial no 3.º lugar, com 3 pontos, atrás da invicta seleção anfitriã da Eslováquia [que lidera a tabela classificativa global], com 9 pontos, e do Japão, com 4, e à frente da Austrália, com 2.

"O nosso foco de atenção está centrado na Holanda e estamos a trabalhar já nessas soluções para encarar os próximos jogos com a maior ambição possível", disse ainda Hugo Silva, referindo-se ao adversário de sexta-feira, em Ceske Budejovic.

O selecionador manifestou o desejo de querer "pontuar novamente e surpreender desde logo os mais favoritos, que serão a Holanda, sobretudo, e a República Checa, que joga em casa".

O Egipto é a melhor equipa de África, pelo que se adivinham quase as mesmas dificuldades.

"Na quarta-feira, vamos treinar na República Checa, já com o João Oliveira, que vai integrar a equipa para ajudar-nos neste torneio, e procuraremos testar as soluções possíveis", acrescentou.

O selecionador disse ainda que conta com o forte espírito da equipa e o forte empenho que o grupo tem revelado, considerando serem estas mesmas qualidades que o motivam e o fazem acreditar sempre no melhor para esta jovem seleção.

A seleção portuguesa deixa na terça-feira de manhã Poprad, onde disputou o grupo B2, rumo a Ceske Budejovice. Os 595 quilómetros que separam as cidades eslovaca e checa serão percorridos de autocarro, via Bratislava.

Portugal vai defrontar a Holanda na jornada inaugural do grupo F2 do grupo 2 da Liga Mundial 2017, em rondas a disputar a 9, 10 e 11 de junho, em Ceske Budejovice, na República Checa.

Seguem-se os jogos com o Egipto (sábado) e com a República Checa (domingo).

A fase intercontinental do grupo 2 da Liga Mundial, no qual Portugal se sagrou vice-campeão em 2016, será disputada ao longo de três semanas, entre 2 e 18 de junho.

A final a quatro do grupo 2, disputada pelos três melhores classificados na fase intercontinental e pelo país organizador (Austrália), realiza-se nos dias 23, 24 e 25 de junho.

Por Lusa
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Voleibol

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.