João José explica as razões que colocam a Fonte fora do playoff

Equipa vai tentar ser a quinta melhor no campeonato

• Foto: Nuno André Ferreira

A Fonte do Bastardo, pelo seu passado recente na modalidade – duas vezes campeã nacional e vencedora da Taça de Portugal –, era apontada de novo como uma das equipas favoritas a marcar presença pelo menos nas meias-finais do playoff da Divisão de Elite, o que não aconteceu, em detrimento do Castelo da Maia.

João José é o treinador da equipa da ilha Terceira pela segunda época seguida e para ele há alguns fatores que explicam o sucedido. "Tivemos alguns percalços ao longo da época, que dificultaram o estabilizar da equipa. Depois, perdemos pontos em alguns jogos que não devíamos ter perdido. No fundo, foi isto", disse ao nosso jornal o antigo capitão da Seleção Nacional. "Mudámos praticamente todo o plantel e já com a época em curso tivemos de alterar dois jogadores. Com algumas dificuldades fomos conseguindo construir os processos, e depois tivemos de os redefinir com as alterações."

Ausente então no grupo das quatro melhores equipas, aquelas que vão decidir o principal título, o de Elites – Sporting, Benfica, Sp. Espinho e Castelo da Maia –, resta agora à formação insular tentar ser a 5ª melhor formação do campeonato. "Vamos para a segunda fase com objetivos redefinidos, procurando ser o campeão da 1ª Divisão. Vamos trabalhar nesse sentido."

João José, que fará este ano 40 anos, refere que para já está "em total sintonia com a direção". Quando chegar o final da época, "vamos pensar no que é melhor para ambas as partes".

Por Ana Paula Marques
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Voleibol

Notícias

Notícias Mais Vistas