José Jardim: «Não temos um plantel mas sim uma equipa»

Satisfeito pelo Benfica cumprir objetivo de ganhar a 1.ª fase do campeonato

• Foto: Luís Manuel Neves

José Jardim não gosta muito que se diga que o Benfica tem um plantel para fazer face a todos os compromissos. "Não temos um plantel, temos sim uma equipa. Se não há envolvimento entre todos não se consegue ter uma equipa, chegar às vitórias, cumprir os objetivos traçados."

Para o treinador dos tricampeões nacionais, esta é então a receita do sucesso na Luz, que se traduz, para já, na conquista da Supertaça, no triunfo na 1ª fase do Campeonato Nacional – 21 vitórias em 22 jornadas –, presença nos quartos-de-final da Challenge Cup e na final-four da Taça de Portugal. Ainda assim, José Jardim sublinha que, apesar da qualidade e quantidade do plantel, o trabalho tem de continuar.

No fim de semana foi cumprido então mais um objetivo traçado no início da época. "Terminar a 1ª fase na frente para beneficiarmos do fator casa no playoff. Depois, conseguimos também rodar todos os jogadores, muitos deles novos na equipa." Do grupo de 12 atletas, cinco chegaram à Luz esta temporada: os brasileiros Paulo Renan e Danilo Gelinski, o canadiano Justin Duff, o holandês Mart van Werkhoven e o búlgaro Ivan Kolev. "A equipa não está totalmente construída. Ainda nos vamos conhecendo", frisou Jardim.

Playoff do título

A segunda fase do Campeonato Nacional arranca no próximo sábado, com a disputa das meias-finais do playoff do título da Divisão de Elite. O Benfica vai defrontar o Castelo da Maia, enquanto a Fonte do Bastardo joga com o Sp. Espinho. Duelos para decidir à melhor de cinco jogos.

José Jardim não tem dúvidas que o Benfica vai ter pela frente um adversário muito complicado. "O Castelo da Maia não é aquela equipa do discurso do coitadinho. Havia quatro equipas mais favoritas para chegarem ao playoff do título e elas estão todas lá." O técnico alerta para os perigos. "É verdade que vencemos os dois jogos da 1ª fase ao Castelo, mas vimos as dificuldades que nos colocaram."

Com o primeiro troféu já ganho, a Supertaça, os encarnados procuram agora fazer o mesmo nas restantes competições. "Todos os objetivos mantêm-se intactos. Vamos tentar ganhar todos. Na Challenge Cup, é vencer a próxima eliminatória", rematou o timoneiro das águias.

Gregos de novo no caminho da águia

O Benfica começa a jogar os quartos-de-final da Challenge Cup no Pavilhão da Luz, já na próxima semana, dia 17, sendo que a 2.ª mão é no dia 2 de março na Grécia. O adversário dos encarnados é conhecido, o Ethnikos Alexandroupolis, a mesma equipa que, curiosamente, eliminou na mesma fase a época passada. Recorde-se que os encarnados chegaram à final da prova europeia em 2015, perdendo com os sérvios do Vojvodina Novi Sad.

Por Ana Paula Marques
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Voleibol

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.