Transexual brasileiro faz história

Tifanny conseguiu, finalmente, disputar uma partida de voleibol feminino

Foi um percurso difícil, mas que acabou recompensado, depois de se transformar numa autêntica mulher. Tifanny Rodrigo Pereira de Abreu conseguiu, finalmente, disputar uma partida de voleibol feminino, envergando a camisola do clube Golem Palmi, da 2ª Divisão de Itália.

Também conhecido como Rodrigo Abreu, este transexual nascido no Brasil há 32 anos, militou na Ortodent Caravaca e no Cajasol Juvaca, em Espanha, para além de ter jogado nas ligas de França, Holanda e Bélgica, sempre em equipas masculinas.

Desta vez foi bem diferente. "As meninas receberam-me muito bem, como se fosse uma irmã. Foi muito importante para mim esta receção", agradeceu Tifanny, sem qualquer tabu quando foi aos balneários.

Aliás, na estreia feminina de Tifanny frente ao Trentino, a nova mulher foi o trunfo mais importante da sua equipa na vitória por 3-1 e a máxima pontuadora do encontro, com 28 pontos.

Por Alexandre Reis
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Voleibol

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.