Os jogadores que estão com um pé fora do Benfica

Rui Vitória não conta com alguns jogadores e as portas da saída estão abertas
Lema: o central argentino soma apenas dois jogos oficiais e o empresário já garantiu que está de saída do Benfica
Ferreyra: foi a contratação encarnada mais sonante do último defeso, não convenceu e deve sair já em janeiro por empréstimo
Bruno Varela: ainda não somou um único minuto oficial nesta temporada e tem porta aberta para sair em definitivo ou por empréstimo
Samaris: está no último ano de contrato e o Benfica já fez saber que não vai renovar com o médio grego
Corchia: só tem sido opção em jogos da Taça de Portugal e é difícil projetar-lhe muitos mais minutos de competição até final da época
Rui Vitória não conta com alguns jogadores e as portas da saída estão abertas
Lema: o central argentino soma apenas dois jogos oficiais e o empresário já garantiu que está de saída do Benfica
Ferreyra: foi a contratação encarnada mais sonante do último defeso, não convenceu e deve sair já em janeiro por empréstimo
Bruno Varela: ainda não somou um único minuto oficial nesta temporada e tem porta aberta para sair em definitivo ou por empréstimo
Samaris: está no último ano de contrato e o Benfica já fez saber que não vai renovar com o médio grego
Corchia: só tem sido opção em jogos da Taça de Portugal e é difícil projetar-lhe muitos mais minutos de competição até final da época
Rui Vitória não conta com alguns jogadores e as portas da saída estão abertas
Lema: o central argentino soma apenas dois jogos oficiais e o empresário já garantiu que está de saída do Benfica
Ferreyra: foi a contratação encarnada mais sonante do último defeso, não convenceu e deve sair já em janeiro por empréstimo
Bruno Varela: ainda não somou um único minuto oficial nesta temporada e tem porta aberta para sair em definitivo ou por empréstimo
Samaris: está no último ano de contrato e o Benfica já fez saber que não vai renovar com o médio grego
Corchia: só tem sido opção em jogos da Taça de Portugal e é difícil projetar-lhe muitos mais minutos de competição até final da época
Lema, Ferreyra, Bruno Varela, Samaris e Corchia. São estes os nomes dos dossiês que o Benfica pretende resolver na reabertura do mercado de transferências. Lema, Ferreyra e Bruno Varela vivem situações semelhantes: a falta de minutos e o facto de não contarem para Rui Vitória colocam os jogadores de saída do Benfica, seja a título definitivo (no caso de chegarem propostas minimamente tentadoras), seja por empréstimo até final da época. Por sua vez, Samaris está em final de contrato e a SAD encarnada não pretende renovar com o médio grego. O plano passa por tentar vender o jogador em janeiro, a fim de obterem algum retorno financeiro, em vez de o perderem a custo zero em junho. Por fim, há o caso Corchia: o lateral proveniente do Sevilha por empréstimo de uma temporada só tem sido utilizado na Taça de Portugal e não se avizinha melhor futuro para o francês nos próximos meses. A ser assim, o Benfica não deverá exercer a sua opção de compra, cifrada nos sete milhões de euros.
13
Deixe o seu comentário

Pub

Publicidade
13
Deixe o seu comentário

Benfica

Fotogalerias

Peru

Internacional

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0