As bombas que já passaram na garagem de José Mourinho

Em 1981, mal o filho tirou a carta de condução, aos 18 anos, o pai de José Mourinho ofereceu-lhe um Renault 5 cinzento. Foi o primeiro carro do The Special One para fazer todos os dias o percurso entre Setúbal e a universidade onde estava a estudar em Lisboa.
Anos mais tarde, o treinador do Tottenham Hotspurs comprou um Honda Civic.
'Foi o primeiro automóvel que comprei com o meu dinheiro', afirmou o treinador com orgulho, em 2017, ao diário britânico The Telegraph.
Com um Suzuki Vitara a suceder ao Honda Civic, José Mourinho acompanhou, em 1996, Bobby Robson do FC Porto para o Barcelona.
O 'todo o terreno' japonês foi um dos modelos que marcou o final da década de 80 e todos os anos 90 pela sua versatilidade na cidade.
No regresso a Portugal, depois de já ter assinado pela equipa da capital catalã, Mourinho adormeceu ao volante e teve um horrível acidente que atirou o Vitara para a sucata. Felizmente, o treinador só partiu algumas costelas...
No início de 2008, recebeu como prenda um Ferrari 612 Scaglietti de Roman Abramovich.
A surpresa foi total, já que o The Special One tinha sido despedido meses antes do Chelsea pelo magnata russo, proprietário do clube.
Em 2010, o treinador setubalense comprou um Aston Martin Rapide como prenda pela fantástica época de 2009/2010 que fez no Inter
José Mourinho conquistou pela equipa transalpina a liga italiana, a taça de Itália e a Liga dos Campeões.
'Quando comprei o Aston Martin Rapide', explicou na altura o treinador luso, 'disse aos meus filhos que o carro é para guardar para toda a vida!'
Em 2014, quando já tinha voltado ao Chelsea no ano anterior, Mourinho recebeu um Jaguar XJ para as suas deslocações.
Nesse mesmo ano, foi designado embaixador da marca de luxo britânica.
Em 2017, foi oferecido ao The Special One um Jaguar F-Pace.
Um ano antes, em 2016, foi a própria Jaguar a revelar ao mundo do futebol que o português era o novo treinador do Manchester United, ao enviar-lhe uma mensagem de parabéns pelo Twitter, mesmo antes de a contratação ter sido anunciada pelo clube inglês!
The Special One, que foi o primeiro proprietário mundial do novíssimo Jaguar E-Pace, acompanhou a construção do carro que iria ser-lhe oferecido.
Aliás, o treinador português participou num vídeo da marca em que revela todos os seus tiques de treinador que o tornaram famoso.
Além do Jaguar F-Pace, Mourinho tem ainda um Bentley, embora quase nunca seja visto com ele.
Em 1981, mal o filho tirou a carta de condução, aos 18 anos, o pai de José Mourinho ofereceu-lhe um Renault 5 cinzento. Foi o primeiro carro do The Special One para fazer todos os dias o percurso entre Setúbal e a universidade onde estava a estudar em Lisboa.
Anos mais tarde, o treinador do Tottenham Hotspurs comprou um Honda Civic.
'Foi o primeiro automóvel que comprei com o meu dinheiro', afirmou o treinador com orgulho, em 2017, ao diário britânico The Telegraph.
Com um Suzuki Vitara a suceder ao Honda Civic, José Mourinho acompanhou, em 1996, Bobby Robson do FC Porto para o Barcelona.
O 'todo o terreno' japonês foi um dos modelos que marcou o final da década de 80 e todos os anos 90 pela sua versatilidade na cidade.
No regresso a Portugal, depois de já ter assinado pela equipa da capital catalã, Mourinho adormeceu ao volante e teve um horrível acidente que atirou o Vitara para a sucata. Felizmente, o treinador só partiu algumas costelas...
No início de 2008, recebeu como prenda um Ferrari 612 Scaglietti de Roman Abramovich.
A surpresa foi total, já que o The Special One tinha sido despedido meses antes do Chelsea pelo magnata russo, proprietário do clube.
Em 2010, o treinador setubalense comprou um Aston Martin Rapide como prenda pela fantástica época de 2009/2010 que fez no Inter
José Mourinho conquistou pela equipa transalpina a liga italiana, a taça de Itália e a Liga dos Campeões.
'Quando comprei o Aston Martin Rapide', explicou na altura o treinador luso, 'disse aos meus filhos que o carro é para guardar para toda a vida!'
Em 2014, quando já tinha voltado ao Chelsea no ano anterior, Mourinho recebeu um Jaguar XJ para as suas deslocações.
Nesse mesmo ano, foi designado embaixador da marca de luxo britânica.
Em 2017, foi oferecido ao The Special One um Jaguar F-Pace.
Um ano antes, em 2016, foi a própria Jaguar a revelar ao mundo do futebol que o português era o novo treinador do Manchester United, ao enviar-lhe uma mensagem de parabéns pelo Twitter, mesmo antes de a contratação ter sido anunciada pelo clube inglês!
The Special One, que foi o primeiro proprietário mundial do novíssimo Jaguar E-Pace, acompanhou a construção do carro que iria ser-lhe oferecido.
Aliás, o treinador português participou num vídeo da marca em que revela todos os seus tiques de treinador que o tornaram famoso.
Além do Jaguar F-Pace, Mourinho tem ainda um Bentley, embora quase nunca seja visto com ele.
Em 1981, mal o filho tirou a carta de condução, aos 18 anos, o pai de José Mourinho ofereceu-lhe um Renault 5 cinzento. Foi o primeiro carro do The Special One para fazer todos os dias o percurso entre Setúbal e a universidade onde estava a estudar em Lisboa.
Anos mais tarde, o treinador do Tottenham Hotspurs comprou um Honda Civic.
'Foi o primeiro automóvel que comprei com o meu dinheiro', afirmou o treinador com orgulho, em 2017, ao diário britânico The Telegraph.
Com um Suzuki Vitara a suceder ao Honda Civic, José Mourinho acompanhou, em 1996, Bobby Robson do FC Porto para o Barcelona.
O 'todo o terreno' japonês foi um dos modelos que marcou o final da década de 80 e todos os anos 90 pela sua versatilidade na cidade.
No regresso a Portugal, depois de já ter assinado pela equipa da capital catalã, Mourinho adormeceu ao volante e teve um horrível acidente que atirou o Vitara para a sucata. Felizmente, o treinador só partiu algumas costelas...
No início de 2008, recebeu como prenda um Ferrari 612 Scaglietti de Roman Abramovich.
A surpresa foi total, já que o The Special One tinha sido despedido meses antes do Chelsea pelo magnata russo, proprietário do clube.
Em 2010, o treinador setubalense comprou um Aston Martin Rapide como prenda pela fantástica época de 2009/2010 que fez no Inter
José Mourinho conquistou pela equipa transalpina a liga italiana, a taça de Itália e a Liga dos Campeões.
'Quando comprei o Aston Martin Rapide', explicou na altura o treinador luso, 'disse aos meus filhos que o carro é para guardar para toda a vida!'
Em 2014, quando já tinha voltado ao Chelsea no ano anterior, Mourinho recebeu um Jaguar XJ para as suas deslocações.
Nesse mesmo ano, foi designado embaixador da marca de luxo britânica.
Em 2017, foi oferecido ao The Special One um Jaguar F-Pace.
Um ano antes, em 2016, foi a própria Jaguar a revelar ao mundo do futebol que o português era o novo treinador do Manchester United, ao enviar-lhe uma mensagem de parabéns pelo Twitter, mesmo antes de a contratação ter sido anunciada pelo clube inglês!
The Special One, que foi o primeiro proprietário mundial do novíssimo Jaguar E-Pace, acompanhou a construção do carro que iria ser-lhe oferecido.
Aliás, o treinador português participou num vídeo da marca em que revela todos os seus tiques de treinador que o tornaram famoso.
Além do Jaguar F-Pace, Mourinho tem ainda um Bentley, embora quase nunca seja visto com ele.
Não estão a correr nada mal a José Mourinho os primeiros dias à frente do Tottenham. Ora, se o sucesso no futebol é conhecido por todos, a garagem do treinador português não o é: poucos dos nossos leitores devem saber os carros que já lhe passaram pelas mãos, sinónimo da impressionante ascensão do treinador português, coroada quando foi designado, em 2014, embaixador da Jaguar. Confira a compilação levada a cabo pelo Aquela Máquina
Deixe o seu comentário

Pub

Publicidade
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias

Fotogalerias

Fotogalerias

Sporting

Fotogalerias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.