As notas do FC Porto: 4 para Alex Telles em equipa pouco inspirada

Casillas (3) Não foi uma tarde nada fácil para o espanhol, que teve duas intervenções exigentes a negar o golo ao rival. Por pouco não conseguiu evitar o segundo tento dos azuis.
Maxi Pereira (2) - Arriscou o amarelo e deixou muito espaço nas costas para Keita fazer o 2-2. Procurou dar profundidade ao flanco e fez um ou outro cruzamento perigoso.
Felipe (3) - Alguma intranquilidade em certas fases do jogo. Aos 21’ fez um atraso escusado para Casillas, mas depois recompôs-se e assinou uma exibição razoável.
Diogo Leite (3) - Um grande movimento e golpe de cabeça no seu primeiro golo pela equipa principal do FC Porto. Fez um penálti e viu um amarelo.Um grande movimento e golpe de cabeça no seu primeiro golo pela equipa principal do FC Porto. Fez um penálti e viu um amarelo.
Sérgio Oliveira (3) - Precipitado num par de ocasiões, mas no melhor período dos portistas deu algum critério e coesão ao sector intermediário.
Herrera (3) - Foi o autor do remate potente que resultou no penálti que veio a dar a vitória aos dragões. No geral, não esteve ao seu melhor nível.
Alex Telles (4) - Estreou-se a marcar esta temporada, com um golo de alta importância para o FC Porto. Mostrou sangue-frio no momento decisivo da partida, ao converter o penálti que deu o triunfo aos dragões. Assistiu, de livre, Diogo Leite para o golo inaugural.
Otávio (3) - Inteligente e rápido a aproveitar a asneira de Dálcio e a marcar o segundo golo portista. De resto, não esteve lá muito inspirado...
Brahimi (2) - O remate aos 63’ para bela defesa de Muriel foi o único sinal de relevo, numa tarde em que o relvado não foi uma boa ajuda para o futebol que costuma praticar.
André Pereira (3) - Um cabeceamento à trave aos 23’. Tentou ser dinâmico mas também cometeu alguns lapsos.
Aboubakar (2) - Não foi um jogo feliz. Muito vigiado e viu um amarelo depois de uma perda de bola.
Corona (1) - Um remate por cima e pouco mais a acrescentar.
Óliver Torres (1) - Aos... 90’+9 podia ter rematado à baliza mas não o fez.
Hernâni (1) - Trouxe frescura.
Casillas (3) Não foi uma tarde nada fácil para o espanhol, que teve duas intervenções exigentes a negar o golo ao rival. Por pouco não conseguiu evitar o segundo tento dos azuis.
Maxi Pereira (2) - Arriscou o amarelo e deixou muito espaço nas costas para Keita fazer o 2-2. Procurou dar profundidade ao flanco e fez um ou outro cruzamento perigoso.
Felipe (3) - Alguma intranquilidade em certas fases do jogo. Aos 21’ fez um atraso escusado para Casillas, mas depois recompôs-se e assinou uma exibição razoável.
Diogo Leite (3) - Um grande movimento e golpe de cabeça no seu primeiro golo pela equipa principal do FC Porto. Fez um penálti e viu um amarelo.Um grande movimento e golpe de cabeça no seu primeiro golo pela equipa principal do FC Porto. Fez um penálti e viu um amarelo.
Sérgio Oliveira (3) - Precipitado num par de ocasiões, mas no melhor período dos portistas deu algum critério e coesão ao sector intermediário.
Herrera (3) - Foi o autor do remate potente que resultou no penálti que veio a dar a vitória aos dragões. No geral, não esteve ao seu melhor nível.
Alex Telles (4) - Estreou-se a marcar esta temporada, com um golo de alta importância para o FC Porto. Mostrou sangue-frio no momento decisivo da partida, ao converter o penálti que deu o triunfo aos dragões. Assistiu, de livre, Diogo Leite para o golo inaugural.
Otávio (3) - Inteligente e rápido a aproveitar a asneira de Dálcio e a marcar o segundo golo portista. De resto, não esteve lá muito inspirado...
Brahimi (2) - O remate aos 63’ para bela defesa de Muriel foi o único sinal de relevo, numa tarde em que o relvado não foi uma boa ajuda para o futebol que costuma praticar.
André Pereira (3) - Um cabeceamento à trave aos 23’. Tentou ser dinâmico mas também cometeu alguns lapsos.
Aboubakar (2) - Não foi um jogo feliz. Muito vigiado e viu um amarelo depois de uma perda de bola.
Corona (1) - Um remate por cima e pouco mais a acrescentar.
Óliver Torres (1) - Aos... 90’+9 podia ter rematado à baliza mas não o fez.
Hernâni (1) - Trouxe frescura.
Casillas (3) Não foi uma tarde nada fácil para o espanhol, que teve duas intervenções exigentes a negar o golo ao rival. Por pouco não conseguiu evitar o segundo tento dos azuis.
Maxi Pereira (2) - Arriscou o amarelo e deixou muito espaço nas costas para Keita fazer o 2-2. Procurou dar profundidade ao flanco e fez um ou outro cruzamento perigoso.
Felipe (3) - Alguma intranquilidade em certas fases do jogo. Aos 21’ fez um atraso escusado para Casillas, mas depois recompôs-se e assinou uma exibição razoável.
Diogo Leite (3) - Um grande movimento e golpe de cabeça no seu primeiro golo pela equipa principal do FC Porto. Fez um penálti e viu um amarelo.Um grande movimento e golpe de cabeça no seu primeiro golo pela equipa principal do FC Porto. Fez um penálti e viu um amarelo.
Sérgio Oliveira (3) - Precipitado num par de ocasiões, mas no melhor período dos portistas deu algum critério e coesão ao sector intermediário.
Herrera (3) - Foi o autor do remate potente que resultou no penálti que veio a dar a vitória aos dragões. No geral, não esteve ao seu melhor nível.
Alex Telles (4) - Estreou-se a marcar esta temporada, com um golo de alta importância para o FC Porto. Mostrou sangue-frio no momento decisivo da partida, ao converter o penálti que deu o triunfo aos dragões. Assistiu, de livre, Diogo Leite para o golo inaugural.
Otávio (3) - Inteligente e rápido a aproveitar a asneira de Dálcio e a marcar o segundo golo portista. De resto, não esteve lá muito inspirado...
Brahimi (2) - O remate aos 63’ para bela defesa de Muriel foi o único sinal de relevo, numa tarde em que o relvado não foi uma boa ajuda para o futebol que costuma praticar.
André Pereira (3) - Um cabeceamento à trave aos 23’. Tentou ser dinâmico mas também cometeu alguns lapsos.
Aboubakar (2) - Não foi um jogo feliz. Muito vigiado e viu um amarelo depois de uma perda de bola.
Corona (1) - Um remate por cima e pouco mais a acrescentar.
Óliver Torres (1) - Aos... 90’+9 podia ter rematado à baliza mas não o fez.
Hernâni (1) - Trouxe frescura.
O FC Porto venceu domingo o Beleneses por 3-2, no Jamor, num jogo a contar para a 2ª jornada da Liga NOS. Uma vitória assegurada ‘in extremis’ graças à tranquilidade do lateral na conversão de um penálti já para lá da hora. Destaque inevitável numa equipa que não teve nota artística e que cometeu vários lapsos. Notas atribuídas por André Gonçalves. [Fotos: Filipe Farinha/Paulo Calado/EPA/Pedro Simões]
2
Deixe o seu comentário

Pub

Publicidade
2
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias

Fotogalerias

Fotogalerias

Sporting

Fotogalerias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0