As notas dos jogadores do Sporting frente ao Varzim: Leão a meio gás teve de partir o mealheiro

Este conteúdo é exclusivo para assinantes Record Premium Assine Já Se já é assinante faça login
A FIGURA: Pote (4) - Já tantas vezes ficou demonstrado no passado e ontem verificou-se uma vez mais: com ele em campo tudo fica... mais simples. Agitou mal entrou e dez minutos depois fez o primeiro, a responder ao cruzamento de Sarabia. Mais tarde, aos 88’, consumou a vitória de penálti e imprimiu o nome na história do clube. A facilidade a jogar ao primeiro toque deu outra qualidade ao ataque.
A FIGURA: Pote (4) - Já tantas vezes ficou demonstrado no passado e ontem verificou-se uma vez mais: com ele em campo tudo fica... mais simples. Agitou mal entrou e dez minutos depois fez o primeiro, a responder ao cruzamento de Sarabia. Mais tarde, aos 88’, consumou a vitória de penálti e imprimiu o nome na história do clube. A facilidade a jogar ao primeiro toque deu outra qualidade ao ataque.
A FIGURA: Pote (4) - Já tantas vezes ficou demonstrado no passado e ontem verificou-se uma vez mais: com ele em campo tudo fica... mais simples. Agitou mal entrou e dez minutos depois fez o primeiro, a responder ao cruzamento de Sarabia. Mais tarde, aos 88’, consumou a vitória de penálti e imprimiu o nome na história do clube. A facilidade a jogar ao primeiro toque deu outra qualidade ao ataque.
Incapacidade de resolver mais cedo e a boa réplica do Varzim obrigaram Rúben Amorim a ir ao banco puxar dos galões e... das jóias. Pote, o 'senhor 80 milhões', tem mesmo o faro apurado e Porro 'entregou-lhe' o bis. [Imagens: Pedro Ferreira, José Gageiro / Movephoto e Paulo Calado]
2
Deixe o seu comentário

Pub

Publicidade
2
Deixe o seu comentário

Mais Vistas

Últimas Notícias

Notícias

Fotogalerias

Fotogalerias

Sporting

Fotogalerias