Benfica é o clube português mais representado nos 500 melhores da 'World Soccer'

Bruno Alves (Parma) - 'Aos 38 anos, o bastante experiente campeão europeu tem 96 internacionalizações e é um ícone no seu país. Deve seguir para uma terceira época no Parma'.
Jovane Cabral (Sporting) - 'Depois de um arranque explosivo da sua carreira como sénior, as lesões acabaram por travar a sua evolução. Ressurgiu em estilo, aliando a sua capacidade de jogar pela ala aos golos maravilhosos de livre direto. Será uma estrela no Sporting na próxima época'
Jesus Corona (FC Porto) - 'O criativo mexicano foi o melhor jogador do FC Porto, sendo sucessivamente escolhido como homem do jogo fosse a jogar como extremo ou como lateral'.
Ruben Dias (Benfica) - 'Um defesa central consistente com uma capacidade inata para liderar. Imediato titular na Seleção portuguesa, provavelmente será a próxima venda milionária do Benfica'.
Everton Cebolinha (Grémio, a caminho do Benfica) - 'Rapídissimo ala esquerdo que gosta de puxar para o seu pé direito para fazer estragos. Foi o herói na conquista da Copa América pelo Brasil em 2019, algo que torna surpreendente o facto de ainda não ter dado o salto. Essa espera poderá terminar este verão'.
João Félix (At. Madrid) - 'O Atlético pagou 126 milhões de euros pelo Golden Boy de 2019, mas tem sentido dificuldades para substituir Griezmann ou para encontrar a sua posição'
Bruno Fernandes (Man. United) - 'Muito mudou na forma de jogar do United desde a chegada de Bruno Fernandes. O seu impacto será comparado ao de Eric Cantona caso consiga ajudar a equipa a chegar ao topo da Europa'
Gonçalo Guedes (Valencia) - 'O herói da conquista portuguesa da Liga das Nações está finalmente a atingir o seu potencial no Valencia. Marcador de golos fantásticos, especialmente os que fez em junho, diante do Osasuna e Granada'.
Raphael Guerreiro (Borussia Dortmund) - 'Nascido na academia francesa de Clairefontaine, tem dinamismo, bom uso da bola e é uma ameaça em frente à baliza de qualquer lugar'.
Ricardo Horta (Sp. Braga) - 'Extremo ou médio ofensivo criativo e inteligente, Horta voltou a ter uma temporada de boa produção em frente à baliza. Não joga pela Seleção desde 2014'.
Rafael Leão (AC Milan) - 'Alto, rápido e com boa técnica, pode ser um jogador chave no futuro do Milan. De origem angolana, tem nove internacionalizações pelos Sub-21 de Portugal, mas ainda espera a chamada à equipa principal'.
Moussa Marega (FC Porto) - 'Peça vital no ataque do FC Porto. Limitado tecnicamente e inconstante, é uma força bruta da natureza que dá muito trabalho às defesas. Foi o seu golo diante do Sporting que deu o título ao FC Porto'.
Pizzi (Benfica) - 'Com um incrível registo de 29 golos em 47 jogos, o versátil médio foi um modelo de consistência numa temporada para esquecer para as águias'.
Eduardo Quaresma (Sporting) - 'Entrado de rompante na linha defensiva de três do Sporting de Rúben Amorim, o jovem de 18 anos encarou o futebol sénior como um jogador cheio de experiência. Enorme potencial'.
Cristiano Ronaldo (Juventus) - 'Ainda tem em si aquela fome, mas estarão os seus 35 anos a fazer-se sentir ou poderá ele levar a Juventus ao título de campeã da Europa? No final de contas, esta última questão é aquela que importa. Dada a sua capacidade, a sua obsessão pelo físico e o seu profissionalismo, não há impossíveis. Afinal de tudo, foi para isso que a Juventus o contratou'.
Renato Sanches (Lille) - 'Falhou a afirmação no Bayern Munique apesar de toda a expectativa que se criou, mas parece ter encontrado a sua casa no norte de França, para onde se mudou no ano passado por 20 milhões de euros'.
Bernardo Silva (Man. City) - 'Com um excelente equilíbrio, um pé esquerdo delicioso e uma impecável visão de jogo, o futuro tanto do Manchester City como de Portugal está em mãos seguras neste versátil médio'
Rafa Silva (Benfica) - 'Extremo elétrico que aterrorizou as defensivas ao longo da sua carreira, que recentemente adicionou o aspeto finalizador ao seu jogo. Muito provavelmente uma das armas mais potentes de Portugal'.
Filipe Soares (Moreirense) - 'Adaptável e energético, tem já mais de 70 jogos enquanto sénior apesar de ter apenas 21 anos. Está pronto a dar o salto'
Alex Telles (FC Porto) - 'Disparou o FC Porto para o título de campeão a partir da lateral esquerda, ao chegar às dezenas de golos e ainda a várias assistências. Eficiente no plano defensivo, será vendido por uma verba elevada no verão'
Mehdi Taremi (Rio Ave) - 'Modesto e humilde fora do campo, Taremi respira classe e inteligência dentro dele, algo que alia ao seu estilo elegante e letal. Alto e atlético, usa bem o corpo, mas é a sua capaciade de jogar com os dois pés, técnica e compostura em frente à baliza que o fazem tão perigoso'
Trincão (Sp. Braga/Barcelona) - 'O Barcelona gastou 31 milhões de euros para o contratar em janeiro, mas deixou-o cedido ao Sp. Braga. Respondeu de forma cintilante, guiando a equipa ao top-4 , o que sugere um investimento certeiro dos gigantes espanhóis'
Carlos Vinícius (Benfica) - 'Chegou, viu e venceu. Não era a primeira escolha quando chegou à Luz, mas uma convincente primeira época colocou o oportunista avançado brasileiro nos melhores marcadores da Liga NOS'.
Bruno Alves (Parma) - 'Aos 38 anos, o bastante experiente campeão europeu tem 96 internacionalizações e é um ícone no seu país. Deve seguir para uma terceira época no Parma'.
Jovane Cabral (Sporting) - 'Depois de um arranque explosivo da sua carreira como sénior, as lesões acabaram por travar a sua evolução. Ressurgiu em estilo, aliando a sua capacidade de jogar pela ala aos golos maravilhosos de livre direto. Será uma estrela no Sporting na próxima época'
Jesus Corona (FC Porto) - 'O criativo mexicano foi o melhor jogador do FC Porto, sendo sucessivamente escolhido como homem do jogo fosse a jogar como extremo ou como lateral'.
Ruben Dias (Benfica) - 'Um defesa central consistente com uma capacidade inata para liderar. Imediato titular na Seleção portuguesa, provavelmente será a próxima venda milionária do Benfica'.
Everton Cebolinha (Grémio, a caminho do Benfica) - 'Rapídissimo ala esquerdo que gosta de puxar para o seu pé direito para fazer estragos. Foi o herói na conquista da Copa América pelo Brasil em 2019, algo que torna surpreendente o facto de ainda não ter dado o salto. Essa espera poderá terminar este verão'.
João Félix (At. Madrid) - 'O Atlético pagou 126 milhões de euros pelo Golden Boy de 2019, mas tem sentido dificuldades para substituir Griezmann ou para encontrar a sua posição'
Bruno Fernandes (Man. United) - 'Muito mudou na forma de jogar do United desde a chegada de Bruno Fernandes. O seu impacto será comparado ao de Eric Cantona caso consiga ajudar a equipa a chegar ao topo da Europa'
Gonçalo Guedes (Valencia) - 'O herói da conquista portuguesa da Liga das Nações está finalmente a atingir o seu potencial no Valencia. Marcador de golos fantásticos, especialmente os que fez em junho, diante do Osasuna e Granada'.
Raphael Guerreiro (Borussia Dortmund) - 'Nascido na academia francesa de Clairefontaine, tem dinamismo, bom uso da bola e é uma ameaça em frente à baliza de qualquer lugar'.
Ricardo Horta (Sp. Braga) - 'Extremo ou médio ofensivo criativo e inteligente, Horta voltou a ter uma temporada de boa produção em frente à baliza. Não joga pela Seleção desde 2014'.
Rafael Leão (AC Milan) - 'Alto, rápido e com boa técnica, pode ser um jogador chave no futuro do Milan. De origem angolana, tem nove internacionalizações pelos Sub-21 de Portugal, mas ainda espera a chamada à equipa principal'.
Moussa Marega (FC Porto) - 'Peça vital no ataque do FC Porto. Limitado tecnicamente e inconstante, é uma força bruta da natureza que dá muito trabalho às defesas. Foi o seu golo diante do Sporting que deu o título ao FC Porto'.
Pizzi (Benfica) - 'Com um incrível registo de 29 golos em 47 jogos, o versátil médio foi um modelo de consistência numa temporada para esquecer para as águias'.
Eduardo Quaresma (Sporting) - 'Entrado de rompante na linha defensiva de três do Sporting de Rúben Amorim, o jovem de 18 anos encarou o futebol sénior como um jogador cheio de experiência. Enorme potencial'.
Cristiano Ronaldo (Juventus) - 'Ainda tem em si aquela fome, mas estarão os seus 35 anos a fazer-se sentir ou poderá ele levar a Juventus ao título de campeã da Europa? No final de contas, esta última questão é aquela que importa. Dada a sua capacidade, a sua obsessão pelo físico e o seu profissionalismo, não há impossíveis. Afinal de tudo, foi para isso que a Juventus o contratou'.
Renato Sanches (Lille) - 'Falhou a afirmação no Bayern Munique apesar de toda a expectativa que se criou, mas parece ter encontrado a sua casa no norte de França, para onde se mudou no ano passado por 20 milhões de euros'.
Bernardo Silva (Man. City) - 'Com um excelente equilíbrio, um pé esquerdo delicioso e uma impecável visão de jogo, o futuro tanto do Manchester City como de Portugal está em mãos seguras neste versátil médio'
Rafa Silva (Benfica) - 'Extremo elétrico que aterrorizou as defensivas ao longo da sua carreira, que recentemente adicionou o aspeto finalizador ao seu jogo. Muito provavelmente uma das armas mais potentes de Portugal'.
Filipe Soares (Moreirense) - 'Adaptável e energético, tem já mais de 70 jogos enquanto sénior apesar de ter apenas 21 anos. Está pronto a dar o salto'
Alex Telles (FC Porto) - 'Disparou o FC Porto para o título de campeão a partir da lateral esquerda, ao chegar às dezenas de golos e ainda a várias assistências. Eficiente no plano defensivo, será vendido por uma verba elevada no verão'
Mehdi Taremi (Rio Ave) - 'Modesto e humilde fora do campo, Taremi respira classe e inteligência dentro dele, algo que alia ao seu estilo elegante e letal. Alto e atlético, usa bem o corpo, mas é a sua capaciade de jogar com os dois pés, técnica e compostura em frente à baliza que o fazem tão perigoso'
Trincão (Sp. Braga/Barcelona) - 'O Barcelona gastou 31 milhões de euros para o contratar em janeiro, mas deixou-o cedido ao Sp. Braga. Respondeu de forma cintilante, guiando a equipa ao top-4 , o que sugere um investimento certeiro dos gigantes espanhóis'
Carlos Vinícius (Benfica) - 'Chegou, viu e venceu. Não era a primeira escolha quando chegou à Luz, mas uma convincente primeira época colocou o oportunista avançado brasileiro nos melhores marcadores da Liga NOS'.
Bruno Alves (Parma) - 'Aos 38 anos, o bastante experiente campeão europeu tem 96 internacionalizações e é um ícone no seu país. Deve seguir para uma terceira época no Parma'.
Jovane Cabral (Sporting) - 'Depois de um arranque explosivo da sua carreira como sénior, as lesões acabaram por travar a sua evolução. Ressurgiu em estilo, aliando a sua capacidade de jogar pela ala aos golos maravilhosos de livre direto. Será uma estrela no Sporting na próxima época'
Jesus Corona (FC Porto) - 'O criativo mexicano foi o melhor jogador do FC Porto, sendo sucessivamente escolhido como homem do jogo fosse a jogar como extremo ou como lateral'.
Ruben Dias (Benfica) - 'Um defesa central consistente com uma capacidade inata para liderar. Imediato titular na Seleção portuguesa, provavelmente será a próxima venda milionária do Benfica'.
Everton Cebolinha (Grémio, a caminho do Benfica) - 'Rapídissimo ala esquerdo que gosta de puxar para o seu pé direito para fazer estragos. Foi o herói na conquista da Copa América pelo Brasil em 2019, algo que torna surpreendente o facto de ainda não ter dado o salto. Essa espera poderá terminar este verão'.
João Félix (At. Madrid) - 'O Atlético pagou 126 milhões de euros pelo Golden Boy de 2019, mas tem sentido dificuldades para substituir Griezmann ou para encontrar a sua posição'
Bruno Fernandes (Man. United) - 'Muito mudou na forma de jogar do United desde a chegada de Bruno Fernandes. O seu impacto será comparado ao de Eric Cantona caso consiga ajudar a equipa a chegar ao topo da Europa'
Gonçalo Guedes (Valencia) - 'O herói da conquista portuguesa da Liga das Nações está finalmente a atingir o seu potencial no Valencia. Marcador de golos fantásticos, especialmente os que fez em junho, diante do Osasuna e Granada'.
Raphael Guerreiro (Borussia Dortmund) - 'Nascido na academia francesa de Clairefontaine, tem dinamismo, bom uso da bola e é uma ameaça em frente à baliza de qualquer lugar'.
Ricardo Horta (Sp. Braga) - 'Extremo ou médio ofensivo criativo e inteligente, Horta voltou a ter uma temporada de boa produção em frente à baliza. Não joga pela Seleção desde 2014'.
Rafael Leão (AC Milan) - 'Alto, rápido e com boa técnica, pode ser um jogador chave no futuro do Milan. De origem angolana, tem nove internacionalizações pelos Sub-21 de Portugal, mas ainda espera a chamada à equipa principal'.
Moussa Marega (FC Porto) - 'Peça vital no ataque do FC Porto. Limitado tecnicamente e inconstante, é uma força bruta da natureza que dá muito trabalho às defesas. Foi o seu golo diante do Sporting que deu o título ao FC Porto'.
Pizzi (Benfica) - 'Com um incrível registo de 29 golos em 47 jogos, o versátil médio foi um modelo de consistência numa temporada para esquecer para as águias'.
Eduardo Quaresma (Sporting) - 'Entrado de rompante na linha defensiva de três do Sporting de Rúben Amorim, o jovem de 18 anos encarou o futebol sénior como um jogador cheio de experiência. Enorme potencial'.
Cristiano Ronaldo (Juventus) - 'Ainda tem em si aquela fome, mas estarão os seus 35 anos a fazer-se sentir ou poderá ele levar a Juventus ao título de campeã da Europa? No final de contas, esta última questão é aquela que importa. Dada a sua capacidade, a sua obsessão pelo físico e o seu profissionalismo, não há impossíveis. Afinal de tudo, foi para isso que a Juventus o contratou'.
Renato Sanches (Lille) - 'Falhou a afirmação no Bayern Munique apesar de toda a expectativa que se criou, mas parece ter encontrado a sua casa no norte de França, para onde se mudou no ano passado por 20 milhões de euros'.
Bernardo Silva (Man. City) - 'Com um excelente equilíbrio, um pé esquerdo delicioso e uma impecável visão de jogo, o futuro tanto do Manchester City como de Portugal está em mãos seguras neste versátil médio'
Rafa Silva (Benfica) - 'Extremo elétrico que aterrorizou as defensivas ao longo da sua carreira, que recentemente adicionou o aspeto finalizador ao seu jogo. Muito provavelmente uma das armas mais potentes de Portugal'.
Filipe Soares (Moreirense) - 'Adaptável e energético, tem já mais de 70 jogos enquanto sénior apesar de ter apenas 21 anos. Está pronto a dar o salto'
Alex Telles (FC Porto) - 'Disparou o FC Porto para o título de campeão a partir da lateral esquerda, ao chegar às dezenas de golos e ainda a várias assistências. Eficiente no plano defensivo, será vendido por uma verba elevada no verão'
Mehdi Taremi (Rio Ave) - 'Modesto e humilde fora do campo, Taremi respira classe e inteligência dentro dele, algo que alia ao seu estilo elegante e letal. Alto e atlético, usa bem o corpo, mas é a sua capaciade de jogar com os dois pés, técnica e compostura em frente à baliza que o fazem tão perigoso'
Trincão (Sp. Braga/Barcelona) - 'O Barcelona gastou 31 milhões de euros para o contratar em janeiro, mas deixou-o cedido ao Sp. Braga. Respondeu de forma cintilante, guiando a equipa ao top-4 , o que sugere um investimento certeiro dos gigantes espanhóis'
Carlos Vinícius (Benfica) - 'Chegou, viu e venceu. Não era a primeira escolha quando chegou à Luz, mas uma convincente primeira época colocou o oportunista avançado brasileiro nos melhores marcadores da Liga NOS'.
A conceituada revista 'World Soccer' divulga na sua edição de setembro uma longa lista na qual elenca os 500 jogadores mais importantes do Mundo, a qual conta com um total de 17 portugueses, para lá de outros estrangeiros que atuam na Liga NOS. Neste particular, refira-se que o Benfica é a equipa mais representada, com quatro elencos (cinco, se contarmos com um reforço que está praticamente certo). Conheça-os nas fotos acima.
16
Deixe o seu comentário

Pub

Publicidade
16
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias

Fotogalerias

Fotogalerias

Sporting

Fotogalerias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.