Do 1 de Danilo ao show de quarteto de luxo: as notas dos jogadores de Portugal frente à Polónia

Rui Patrício (2): Esteve mal no primeiro golo, mas nada podia fazer no segundo, numa noite em que não teve muito trabalho.
João Cancelo (4): Andou o jogo todo numa correria louca pelo lado direito. Está um senhor jogador e só pecou no primeiro golo, permitindo que Piatek ganhasse nas suas costas.
Pepe (3): A cada jogo que passa faz com Rúben Dias uma dupla muito eficaz. Falhou no corte no segundo golo da Polónia.
Rúben Dias (3): Confiança não falta ao jovem. Disponível fisicamente, cresce a olhos vistos ao lado de Pepe.
Mário Rui (3): Eliminou Klich e esteve sempre bem posicionado. Apenas falhou no lance do segundo golo da Polónia. É certo que a bola saiu, mas só se pára quando o árbitro apita.
Rúben Neves (4): Foi ele quem assumiu a primeira fase de construção da equipa. Posicionamento perfeito, foi dele o passe fantástico para Rafa no lance do golo da reviravolta.
Bernardo Silva (4): É daqueles jogadores que acrescenta perfume ao jogo. É diferente a forma como toca a bola e pensa o jogo. Com Cancelo, e muitas vezes Pizzi, fez a cabeça em água a Jedrzejczyk, que nunca conseguiu segurar o avançado. Coroou a exibição com um belo golo (Fabianski podia ter feito melhor), num lance em que Kurzawa só acompanhou com... os olhos. Sem Ronaldo, Bernardo não tem medo de ser a estrela.
Pizzi (3) Foi com ele a comandar o ritmo da equipa que Portugal deu a volta ao resultado. Baixou de rendimento na 2ª parte.
William Carvalho (3): Surgiu numa posição que não é muito habitual. Apareceu no jogo a espaços.
Rafa (3): A forma como dominou a bola foi perfeita, mas viu Glik ‘roubar-lhe’ o golo. Desapareceu na 2ª parte.
André Silva (4): Está de pé quente e a realizar uma excelente época. Fez o golo do empate e ainda colocou Renato na cara de Fabianski.
Renato Sanches (3): Viu Kedziora e Fabianski negarem-lhe o golo em 15 minutos.
Danilo (1):  Regresso à Seleção para dar força ao meio-campo.
Bruno Fernandes (1): Ainda a frio teve no pé direito a possibilidade de marcar.
Rui Patrício (2): Esteve mal no primeiro golo, mas nada podia fazer no segundo, numa noite em que não teve muito trabalho.
João Cancelo (4): Andou o jogo todo numa correria louca pelo lado direito. Está um senhor jogador e só pecou no primeiro golo, permitindo que Piatek ganhasse nas suas costas.
Pepe (3): A cada jogo que passa faz com Rúben Dias uma dupla muito eficaz. Falhou no corte no segundo golo da Polónia.
Rúben Dias (3): Confiança não falta ao jovem. Disponível fisicamente, cresce a olhos vistos ao lado de Pepe.
Mário Rui (3): Eliminou Klich e esteve sempre bem posicionado. Apenas falhou no lance do segundo golo da Polónia. É certo que a bola saiu, mas só se pára quando o árbitro apita.
Rúben Neves (4): Foi ele quem assumiu a primeira fase de construção da equipa. Posicionamento perfeito, foi dele o passe fantástico para Rafa no lance do golo da reviravolta.
Bernardo Silva (4): É daqueles jogadores que acrescenta perfume ao jogo. É diferente a forma como toca a bola e pensa o jogo. Com Cancelo, e muitas vezes Pizzi, fez a cabeça em água a Jedrzejczyk, que nunca conseguiu segurar o avançado. Coroou a exibição com um belo golo (Fabianski podia ter feito melhor), num lance em que Kurzawa só acompanhou com... os olhos. Sem Ronaldo, Bernardo não tem medo de ser a estrela.
Pizzi (3) Foi com ele a comandar o ritmo da equipa que Portugal deu a volta ao resultado. Baixou de rendimento na 2ª parte.
William Carvalho (3): Surgiu numa posição que não é muito habitual. Apareceu no jogo a espaços.
Rafa (3): A forma como dominou a bola foi perfeita, mas viu Glik ‘roubar-lhe’ o golo. Desapareceu na 2ª parte.
André Silva (4): Está de pé quente e a realizar uma excelente época. Fez o golo do empate e ainda colocou Renato na cara de Fabianski.
Renato Sanches (3): Viu Kedziora e Fabianski negarem-lhe o golo em 15 minutos.
Danilo (1):  Regresso à Seleção para dar força ao meio-campo.
Bruno Fernandes (1): Ainda a frio teve no pé direito a possibilidade de marcar.
Rui Patrício (2): Esteve mal no primeiro golo, mas nada podia fazer no segundo, numa noite em que não teve muito trabalho.
João Cancelo (4): Andou o jogo todo numa correria louca pelo lado direito. Está um senhor jogador e só pecou no primeiro golo, permitindo que Piatek ganhasse nas suas costas.
Pepe (3): A cada jogo que passa faz com Rúben Dias uma dupla muito eficaz. Falhou no corte no segundo golo da Polónia.
Rúben Dias (3): Confiança não falta ao jovem. Disponível fisicamente, cresce a olhos vistos ao lado de Pepe.
Mário Rui (3): Eliminou Klich e esteve sempre bem posicionado. Apenas falhou no lance do segundo golo da Polónia. É certo que a bola saiu, mas só se pára quando o árbitro apita.
Rúben Neves (4): Foi ele quem assumiu a primeira fase de construção da equipa. Posicionamento perfeito, foi dele o passe fantástico para Rafa no lance do golo da reviravolta.
Bernardo Silva (4): É daqueles jogadores que acrescenta perfume ao jogo. É diferente a forma como toca a bola e pensa o jogo. Com Cancelo, e muitas vezes Pizzi, fez a cabeça em água a Jedrzejczyk, que nunca conseguiu segurar o avançado. Coroou a exibição com um belo golo (Fabianski podia ter feito melhor), num lance em que Kurzawa só acompanhou com... os olhos. Sem Ronaldo, Bernardo não tem medo de ser a estrela.
Pizzi (3) Foi com ele a comandar o ritmo da equipa que Portugal deu a volta ao resultado. Baixou de rendimento na 2ª parte.
William Carvalho (3): Surgiu numa posição que não é muito habitual. Apareceu no jogo a espaços.
Rafa (3): A forma como dominou a bola foi perfeita, mas viu Glik ‘roubar-lhe’ o golo. Desapareceu na 2ª parte.
André Silva (4): Está de pé quente e a realizar uma excelente época. Fez o golo do empate e ainda colocou Renato na cara de Fabianski.
Renato Sanches (3): Viu Kedziora e Fabianski negarem-lhe o golo em 15 minutos.
Danilo (1):  Regresso à Seleção para dar força ao meio-campo.
Bruno Fernandes (1): Ainda a frio teve no pé direito a possibilidade de marcar.
Bernardo Silva pensa mais depressa e melhor que todos os outros. Além disso, cada lance tem uma magia diferente quando a bola passa pelo pé esquerdo do 'pequeno' maestro. Confira as notas dos jogadores portugueses frente à Polónia (2-3) atribuídas pelo jornalista André Ferreira [Fotos Vítor Chi e Reuters]
11
Deixe o seu comentário

Pub

Publicidade
11
Deixe o seu comentário

Mais Vistas

Últimas Notícias

Notícias

Fotogalerias

Fotogalerias

Sporting

Fotogalerias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.