Dyego Sousa perdeu a cabeça e o fiscal é que as pagou

Aos 76’ minutos do jogo entre o Marítimo e o Tondela, que lutavam pelo troféu Cidade da Mealhada, na terça-feira, uma falta assinalada pela equipa de arbitragem levou a que Dyego Sousa se levantasse do banco de suplentes e agredisse o árbitro assistente. Numa altura em que o Tondela vencia por 3-2, o avançado do Marítimo perdeu a cabeça, atirando-lhe, primeiro, com uma garrafa de água, e depois dando-lhe um soco, vendo, de imediato, o cartão vermelho direto.
[Foto: Nuno André Ferreira]
1
Deixe o seu comentário

Pub

Publicidade
1
Deixe o seu comentário

Mais Vistas

Últimas Notícias

Notícias

Fotogalerias

Fotogalerias

Sporting

Fotogalerias