O entra e sai no Barcelona: clube vendeu 16 jogadores nos últimos dois anos

Marlon - Chegou do Fluminense em 2016, por 5 milhões de euros, mas foi para a equipa B. Em 2017 foi emprestado ao Nice e em 2018 vendido ao Sassuolo por 6 milhões.
Gerard Deulofeu - Formado no Barcelona, deixou os blaugrana em 2015 mas o clube ficou com uma opção de recompra por 12 milhões, que acionou em 2017. Acabou por ser vendido ao Watford no ano seguinte, por 13 milhões de euros.
Yerry Mina - O internacional colombiano chegou do Palmeiras em janeiro de 2018, por 12 milhões de euros, mas seis meses depois foi vendido ao Everton, por 30 milhões. Ernesto Valverde não lhe deu muitas oportunidades em Camp Nou.
Paulinho - Chegou do Guangzhou em agosto de 2017 e no verão do ano seguinte voltou ao mesmo clube. Foi comprado por 40 milhões de euros e vendido por 50 milhões.
Malcom - Assinou por dois clubes em menos de 24 horas: pela Roma a 23 de julho de 2019 e pelo Barcelona, que acabou por ficar com ele. Um ano depois foi vendido ao Zenit pelo preço de custo: 40 milhões de euros.
Lucas Digne - Foi suplente de Jordi Alba e nunca conseguiu impor-se nos dois anos em que esteve na Catalunha. Saiu em 2018 para o Everton.
André Gomes - O português custou quase 40 milhões aos cofres dos blaugrana, mas passou por muitos problemas e acabou por sair em 2018 para o Everton, dois anos depois de ter aterrado na Catalunha.
Paco Alcácer - Chegou do Valencia em 2016, por 30 milhões de euros, e saiu dois anos depois para o Borussia Dortmund, por 21 milhões.
Athur - O brasileiro foi este verão 'trocado' por Pjanic num negócio com a Juventus. Esteve duas épocas em Camp Nou.
Arturo Vidal - O médio chileno custou 18 milhões há dois anos mas saiu este verão a preço de saldo para o Inter.
Denis Suárez - No verão de 2016 o Barcelona exerceu a opção de compra que tinha sobre o médio, por 3 milhões de euros, mas três anos depois, depois de pelo meio ter sido emprestado ao Arsenal, voltou ao Celta de Vigo, o clube onde foi formado, por 13 milhões.
Aleix Vidal - Chegou à Catalunha em 2016, por 17 milhões de euros, mas depois de três anos marcados por lesões e problemas defensivos voltou ao Sevilha, por 9 milhões.
Jasper Cillessen - Chegou em 2016, por 13 milhões, e saiu para o Valencia, num negócio que envolveu Neto.
Nélson Semedo - Custou 35 milhões há três anos, mas nunca chegou a impor-se no corredor direito dos culés. Saiu esta época por 30 milhões para o Wolverhampton.
Thomas Vermaelen - Esteve quatro épocas em Cam Nou, com um ano de empréstimpo à Roma pelo meio. Na temporada passada saiu a custo zero para o Vissel Kobe, do Japão.
Ivan Rakitic - Regressou esta época ao Sevilha depois de seis temporadas no Barcelona.
Marlon - Chegou do Fluminense em 2016, por 5 milhões de euros, mas foi para a equipa B. Em 2017 foi emprestado ao Nice e em 2018 vendido ao Sassuolo por 6 milhões.
Gerard Deulofeu - Formado no Barcelona, deixou os blaugrana em 2015 mas o clube ficou com uma opção de recompra por 12 milhões, que acionou em 2017. Acabou por ser vendido ao Watford no ano seguinte, por 13 milhões de euros.
Yerry Mina - O internacional colombiano chegou do Palmeiras em janeiro de 2018, por 12 milhões de euros, mas seis meses depois foi vendido ao Everton, por 30 milhões. Ernesto Valverde não lhe deu muitas oportunidades em Camp Nou.
Paulinho - Chegou do Guangzhou em agosto de 2017 e no verão do ano seguinte voltou ao mesmo clube. Foi comprado por 40 milhões de euros e vendido por 50 milhões.
Malcom - Assinou por dois clubes em menos de 24 horas: pela Roma a 23 de julho de 2019 e pelo Barcelona, que acabou por ficar com ele. Um ano depois foi vendido ao Zenit pelo preço de custo: 40 milhões de euros.
Lucas Digne - Foi suplente de Jordi Alba e nunca conseguiu impor-se nos dois anos em que esteve na Catalunha. Saiu em 2018 para o Everton.
André Gomes - O português custou quase 40 milhões aos cofres dos blaugrana, mas passou por muitos problemas e acabou por sair em 2018 para o Everton, dois anos depois de ter aterrado na Catalunha.
Paco Alcácer - Chegou do Valencia em 2016, por 30 milhões de euros, e saiu dois anos depois para o Borussia Dortmund, por 21 milhões.
Athur - O brasileiro foi este verão 'trocado' por Pjanic num negócio com a Juventus. Esteve duas épocas em Camp Nou.
Arturo Vidal - O médio chileno custou 18 milhões há dois anos mas saiu este verão a preço de saldo para o Inter.
Denis Suárez - No verão de 2016 o Barcelona exerceu a opção de compra que tinha sobre o médio, por 3 milhões de euros, mas três anos depois, depois de pelo meio ter sido emprestado ao Arsenal, voltou ao Celta de Vigo, o clube onde foi formado, por 13 milhões.
Aleix Vidal - Chegou à Catalunha em 2016, por 17 milhões de euros, mas depois de três anos marcados por lesões e problemas defensivos voltou ao Sevilha, por 9 milhões.
Jasper Cillessen - Chegou em 2016, por 13 milhões, e saiu para o Valencia, num negócio que envolveu Neto.
Nélson Semedo - Custou 35 milhões há três anos, mas nunca chegou a impor-se no corredor direito dos culés. Saiu esta época por 30 milhões para o Wolverhampton.
Thomas Vermaelen - Esteve quatro épocas em Cam Nou, com um ano de empréstimpo à Roma pelo meio. Na temporada passada saiu a custo zero para o Vissel Kobe, do Japão.
Ivan Rakitic - Regressou esta época ao Sevilha depois de seis temporadas no Barcelona.
Marlon - Chegou do Fluminense em 2016, por 5 milhões de euros, mas foi para a equipa B. Em 2017 foi emprestado ao Nice e em 2018 vendido ao Sassuolo por 6 milhões.
Gerard Deulofeu - Formado no Barcelona, deixou os blaugrana em 2015 mas o clube ficou com uma opção de recompra por 12 milhões, que acionou em 2017. Acabou por ser vendido ao Watford no ano seguinte, por 13 milhões de euros.
Yerry Mina - O internacional colombiano chegou do Palmeiras em janeiro de 2018, por 12 milhões de euros, mas seis meses depois foi vendido ao Everton, por 30 milhões. Ernesto Valverde não lhe deu muitas oportunidades em Camp Nou.
Paulinho - Chegou do Guangzhou em agosto de 2017 e no verão do ano seguinte voltou ao mesmo clube. Foi comprado por 40 milhões de euros e vendido por 50 milhões.
Malcom - Assinou por dois clubes em menos de 24 horas: pela Roma a 23 de julho de 2019 e pelo Barcelona, que acabou por ficar com ele. Um ano depois foi vendido ao Zenit pelo preço de custo: 40 milhões de euros.
Lucas Digne - Foi suplente de Jordi Alba e nunca conseguiu impor-se nos dois anos em que esteve na Catalunha. Saiu em 2018 para o Everton.
André Gomes - O português custou quase 40 milhões aos cofres dos blaugrana, mas passou por muitos problemas e acabou por sair em 2018 para o Everton, dois anos depois de ter aterrado na Catalunha.
Paco Alcácer - Chegou do Valencia em 2016, por 30 milhões de euros, e saiu dois anos depois para o Borussia Dortmund, por 21 milhões.
Athur - O brasileiro foi este verão 'trocado' por Pjanic num negócio com a Juventus. Esteve duas épocas em Camp Nou.
Arturo Vidal - O médio chileno custou 18 milhões há dois anos mas saiu este verão a preço de saldo para o Inter.
Denis Suárez - No verão de 2016 o Barcelona exerceu a opção de compra que tinha sobre o médio, por 3 milhões de euros, mas três anos depois, depois de pelo meio ter sido emprestado ao Arsenal, voltou ao Celta de Vigo, o clube onde foi formado, por 13 milhões.
Aleix Vidal - Chegou à Catalunha em 2016, por 17 milhões de euros, mas depois de três anos marcados por lesões e problemas defensivos voltou ao Sevilha, por 9 milhões.
Jasper Cillessen - Chegou em 2016, por 13 milhões, e saiu para o Valencia, num negócio que envolveu Neto.
Nélson Semedo - Custou 35 milhões há três anos, mas nunca chegou a impor-se no corredor direito dos culés. Saiu esta época por 30 milhões para o Wolverhampton.
Thomas Vermaelen - Esteve quatro épocas em Cam Nou, com um ano de empréstimpo à Roma pelo meio. Na temporada passada saiu a custo zero para o Vissel Kobe, do Japão.
Ivan Rakitic - Regressou esta época ao Sevilha depois de seis temporadas no Barcelona.
Nas últimas duas épocas o Barcelona vendeu 16 jogadores e destes apenas dois estiveram no clube culé mais do que três temporadas. Neste entra e sai de Camp Nou (um levantamento feito pelo jornal 'Marca') há dois portugueses e muito milhões envolvidos.
2
Deixe o seu comentário

Pub

Publicidade
2
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias

Fotogalerias

Fotogalerias

Sporting

Fotogalerias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.