Record

O que diz a decisão cautelar do tribunal sobre a providência da mesa da AG do Sporting

O Tribunal Cível considerou esta sexta-feira Jaime Marta Soares como legítimo presidente da Mesa da Assembleia Geral do Sporting e validou a convocação de uma reunião magna para dia 23, apesar de faltarem os meios adequados para a realizar.

Na decisão cautelar, a que Record teve hoje acesso, é dito que se "afigura sumariamente demonstrada a existência da qualidade do requerente [Jaime Marta Soares] e indiciariamente a convocatória da Assembleia Geral (AG) por quem de direito". Contudo, o juiz considerou que, na exposição de Marta Soares sobre a reunião magna, não são expostos os "meios adequados a acautelar que a Assembleia Geral não se transforme num risco para a integridade física dos participantes, mas simplesmente o cumprimento das formalidades necessárias para a sua integral realização". Pelo exposto, "indefere-se liminarmente o presente procedimento cautelar", lê-se na decisão.
Deixe o seu comentário

Pub

Publicidade
Deixe o seu comentário

Mais Vistas

Últimas Notícias

Notícias

Fotogalerias

Fotogalerias

Sporting

Fotogalerias