Cristiano Ronaldo levou a bola do jogo para casa: mais uma para o museu?

Normalmente o ritual de levar a bola para casa é apenas seguido quando se trata de um jogo com três ou mais golos, mas Cristiano Ronaldo abriu uma exceção esta quarta-feira para guardar como recordação o esférico da partida com a Irlanda, na qual escreveu definitivamente o seu nome na lista dos melhores marcadores da história das seleções. O avançado português, lembre-se, tornou-se no maior goleador de sempre, com os seus históricos 111 golos.
1
Deixe o seu comentário

Pub

Publicidade
1
Deixe o seu comentário

Mais Vistas

Diário de CR7

Fotogalerias

Peru

Internacional